Boulos pode ir ao 2º turno em SP com os dissidentes de Russomanno, diz analista

Pesquisa XP-Ipespe mostra Boulos em terceiro lugar, com 16%, atrás de Russomanno (22%) e Covas (27%)

Jornal GGN – Pesquisa XP-Ipespe divulgada nesta quinta (29) mostra que o candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), cresceu 4 pontos em uma semana e está em terceiro lugar, com 16% das intenções de voto, logo atrás de Celso Russomanno, 22%, e Bruno Covas, que tomou a dianteira com 27%. Como a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, Boulos e Russomanno estão tecnicamente empatados.

Para Victor Scalet, analista da XP, Covas está consolidando sua ida ao segundo turno, e Boulos pode explorar o derretimento de Russomanno e “aglutinar” o voto da esquerda em busca da segunda vaga.

Russomanno começou a corrida à frente de todos os adversários, mas nas últimas semanas passou a cair nas pesquisas e, hoje, uma fatia de 17% das pessoas de baixa renda que abandonaram o apresentador de TV estão sem candidato. “O desafio para Boulos é capturar esses indecisos e aglutinar o voto da esquerda, para construir chances de avançar para o segundo turno”, diz o analista da XP.

Na visão do cientista político Antonio Lavareda, Boulos é a expressão do petismo em São Paulo nesta eleição, apesar do PT ter lançado candidato próprio – Jilmar Tatto está com apenas 5% das intenções de voto, atrás ainda de Marcio França, com 8%.

Segundo o jornal Valor Econômico, “a força de Boulos aparece também na pesquisa espontânea. (…) Nesse contexto, Covas é citado por 20%; Boulos, por 13%; e Russomanno, por 12%.”

Leia também:  Fora de Pauta

Com informações do Valor

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. Este percentual dos de baixa renda, depende um pouco da faixa etária. Se boa parte tiver vivenciado os tempos da administração Erundina, tendem a ir mais para o Boulos que para o Covas.
    Aliás, nestes tempos de fome e restrições, é bem melhor Boulos que Covas.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome