Damares sobre STF: “Não vou para uma Corte que eu não possa vestir toga cor-de-rosa”

Mentora da agenda conservadora do governo Bolsonaro brinca com especulação sobre cargo no STF; ela também defende cesárea em menina estuprada

Jornal GGN – Líder da agenda conservadora do governo Bolsonaro, a pastora-ministra Damares Alves brincou nesta sexta (18) sobre os rumores de que estaria sendo cogitada pelo presidente para ocupar a vaga de Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal.

Em entrevista à Joven Pan, ela tirou onda: “O que pesa muito é que a toga das ministras não são cor-de-rosa, não vou para uma corte que eu não possa vestir uma toga cor-de-rosa.” No começo do governo, Damares gerou polêmica ao afirmar que o Brasil entrou em uma “nova era”, onde “meninas vestem rosa e meninos vestem azul”, reafirmando a ideologia de gênero construída pelo machismo estrutural.

Rejeitando a possibilidade de aceitar o convite, Damares explicou que o Supremo é um “espaço para notório saber jurídico” e que ela não se sente à altura da Corte. “Estou há muitos anos fora da área jurídica, estou somente no direito Legislativo. Não me sinto à altura de ser indicada para a Suprema Corte, quero continuar no chão de fábrica, trabalhando pelo Brasil, pelas crianças”, disse à emissora de rádio.

Já no programa “Conversa com Bial”, veiculado  na madrugada desta sexta (18), Damares defendeu que a menina de 10 anos do Espírito Santo, que foi estuprada por 4 anos e engravidou do tio, deveria ter passado por uma cesárea para preservar a vida do feto de 23 semanas, e não pelo aborto amparado pela lei.

“Eu acredito que o que estava no ventre daquela menina era uma criança com quase seis meses de idade e que poderia ter sobrevivido. Discordo do procedimento do Dr. Olímpio, mas discordo de tudo o que aconteceu em torno dessa criança”.

Leia também:  Giro GGN: As notícias do Brasil e do Mundo

Damares ainda cometeu um erro de informação: o procedimento não foi realizado pelo médico Olímpio Barbosa, que é diretor do Hospital em Recife que atendeu a menina.

Leia mais:

Um vídeo para entender Damares e porquê ela não está brincando em serviço

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

5 comentários

  1. Damares de rosa enfim, normaliza a pedolifia. Mais um tempinho no poder e ela vai normatizar também. Essa mulher é uma doente sorridente. Dá medo!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome