Doria precisaria dobrar efetivo da Polícia Militar para decretar lockdown

Falta de policiais para ajudar na fiscalização faz governador empurrar o isolamento total em São Paulo

Jornal GGN – Para conseguir decretar lockdown em São Paulo com sucesso, o governador João Doria (PSDB) precisaria aumentar, “talvez dobrar”, o efetivo da Polícia Militar para garantir a fiscalização. É o que informa reportagem da Folha desta terça (19).

O jornal mostrou que três motivos teriam tirado o lockdown do “horizonte” de Doria, e um deles é o fato de que não há policiais militares o bastante para acompanhar a mobilidade da população no Estado.

“A Polícia Militar diz que seria preciso aumentar o efetivo na cidade, talvez dobrar, a fim de que pudesse vigiar a adoção das medidas restritivas de circulação na cidade”, afirmou o jornal.

Os outros pontos de desmotivam Doria seriam a “estabilidade” ocasional do número de novas mortes por coronavírus e a possibilidade de adotar outras medidas antes do lockdown, como a antecipação de feriados.

“O governo estadual estuda a adoção de um megaferiado na região metropolitana de São Paulo, logo depois do feriado paulistano, o que ajudaria a limitar a circulação também na cidade de São Paulo.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Relembre: Padrinho de Sergio Moro pediu 5 milhões de dólares em propina, diz Tacla Duran

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome