Governadores começam a se afastar de Bolsonaro de olho nas eleições

Com disputa dos governos municipais e o desenho de 2022 se formando, tendência é de mais desgaste em relações já complicadas

Jornal GGN – A relação do presidente Jair Bolsonaro com prefeitos e governadores deve sofrer ainda mais desgastes em 2020, considerando a proximidade das eleições municipais e o desenho para a disputa presidencial em 2022.

Para especialistas consultados pelo jornal Correio Braziliense, a tendência é que desavenças não resolvidas se aprofundem, junto com o afastamento de nomes que eram aliados até pouco tempo.

Agora, estados e municípios se encontram em patamar mais independente do governo do ponto de vista orçamentário – a partir deste ano, parlamentares poderão encaminhar emendas individuais para governadores e prefeitos sem intermediários, por conta de uma proposta de emenda à Constituição (PEC) aprovada em dezembro.

A autonomia também foi favorecida pelo Orçamento impositivo, que obriga o pagamento de emendas coletivas, as elaboradas pelas bancadas estaduais. Por isso, os governadores terão menos necessidade de pedir a liberação de dinheiro junto ao governo federal.

Tanto as brigas quanto o resultado das eleições podem influenciar o trabalho das bancadas políticas no Congresso e os projetos do governo federal. Existe a tendência de que governadores mais bem posicionados no partido venham a atrapalhar o trabalho do Executivo federal, muito por conta de sua influência dentro das legendas durante as eleições municipais.

As eleições presidenciais também estão no foco de algumas autoridades, como os governadores do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) e de São Paulo, João Doria (PSDB). A relação entre os governadores do Nordeste e Bolsonaro também não é das melhores, e tudo indica que não devem ocorrer mudanças.

1 comentário

  1. Sorte de Bolsonaro. Isto só o fortalece. Oque o país poderia esperar de uma pareceria com medíocres do PSDB como Covas ou Dória? Seu Governo só se fortalece.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome