América do Sul coordenada contra crise do mundo desenvolvido

 

A UNASUL é o potencial embrião de uma integração política  da América do Sul


Conforme foi publicado aqui no Blog na semana passada, Guido Mantega, ministro da Fazenda, está articulando com os países do UNASUL, medidas comuns para proteger a região de eventuais efeitos negativos na economia regional produzidos pela crise que atinge o mundo desenvolvido.

Isto se confirma, segundo informação da Reuters, na intenção dos países sul americanos criarem um fundo comum anticrise. Estes países possuem, juntos, cerca de US$ 500 bilhões em reservas internacionais e esta articulação só terá sucesso se o Brasil, detentor de cerca de 70% deste montante for capaz de aglutinar os interesses comuns dos diversos países da região.

Este caminho parece viável e com grandes possibilidades de lograr êxito.  Hoje a América do Sul é governada por uma maioria de governos que priorizam o interesse nacional e regional, com forte redução da influência norte americana nos assuntos regionais…

Leia a íntegra, clique AQUI>>>

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  'Aversão à China' de Bolsonaro arrisca a vida de milhões de brasileiros, diz especialista

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome