As relações Colômbia-Venezuela

E a Venezuela prende um cara acusado de ser farquiano a pedido da vizinha Colômbia. Claro que está bem na cara que há uma mudança na postura outrora de atritos entre os dois países, bem como fica a impressão de que a guerrilha pode começar a se enfraquecer na terra de García Marquez:

Do Terra

Guerrilheiro deportado da Venezuela chega à Colômbia
25 de abril de 2011  21h39  atualizado às 22h34

O suposto membro da guerrilha das Farc Joaquín Pérez Becerra chegou nesta segunda-feira a Bogotá, após ser deportado da Venezuela, onde foi detido a pedido do presidente colombiano, Juan Manuel Santos.

Após descer do avião, visivelmente nervoso e protegido por um colete a prova de balas, Pérez negou ser membro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e se disse refugiado político na Suécia. Pérez foi detido no sábado, quando chegava à Venezuela em um voo comercial procedente da cidade alemã de Frankfurt.

Segundo Santos, o guerrilheiro é “o cabeça da frente internacional das Farc na Europa”, procurado pelas autoridades colombianas “há muito tempo”. As autoridades colombianas acusam Pérez de formação de quadrilha para finalidades terroristas, administração de recursos relacionados a terroristas e sedição.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador