Battisti solto, decisão de Lula confirmada e Gilmar Mendes derrotado

Esta imagem foi superada pelo plenário do STF

O ministro Luiz Fux fez considerações sobre a reclamação da Itália, e repetiu a tese vencedora no STF, de que não cabe a um país estrangeiro interferir em decisões soberanas de uma República.

E criticou o ministro Gilmar Mendes:
“O que está em jogo aqui é a soberania nacional. Estimo a inteligência de Gilmar Mendes, mas fui criado com alta estima e posso discordar dos princípios por ele adotados”.
E quais seriam estes princípios?
Certa vez o ministro Joaquim Barbosa bradou no plenário do STF para Gilmar Mendes, que ele não tratava ali com seu pares, da mesma forma como o fazia com seus capangas…

Leia a íntegra, clique AQUI>>>

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Lewandowski reafirma direito de Lula aos documentos retidos pela Lava Jato

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome