Coalizão de esquerda vence eleição na Espanha

Pedro Sánchez assume como premiê do país em votação apertada no Congresso; decisão encerra oito meses de paralisia política

Jornal GGN – A Espanha finalizou um ciclo de oito meses de incertezas políticas com a eleição do premiê socialista Pedro Sánchez (PSOE) como líder de uma coalizão de esquerda no país.

Sánchez está no poder desde junho de 2018, e recebeu 167 votos a favor, 165 contra e 18 abstenções foram registradas. A vitória não só permite a Sánchez seguir no comando do Executivo espanhol, como também oficializou uma coalizão com o partido radical de esquerda Podemos – juntos, o Partido Socialista e o Podemos possuem 155 assentos no Parlamento, que possui 350 cadeiras.

Tanto o premiê como Pablo Iglesias (chefe do partido Unidas Podemos) já sinalizaram que vão aumentar a pressão pelos aumentos de impostos das empresas e de trabalhadores de alta renda, além de reverter as reformas trabalhistas feitas anteriormente pelos conservadores.

Porém, por não ter uma maioria consolidada no Parlamento, a coalizão pode ser obrigada a negociar caso a caso com outros partidos e pode ter alguma dificuldade para aprovar a legislação.

 

(com agências internacionais)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Vídeo: "Marchem ao nosso lado", pede ativista negra. Militares dos EUA demonstram apoio

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome