Moro quer que vídeo de reunião seja divulgado na íntegra

Para ex-ministro, gravação não tem assuntos que possam ser enquadrados como temas sigilosos ao país, como alega o governo federal

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Após a exibição do vídeo da reunião de 22 de abril na Polícia Federal, o ex-ministro da Justiça pediu ao ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal) que autorize a divulgação da gravação na íntegra.

Segundo informações do jornal Correio Braziliense, o pedido foi feito dentro de um inquérito aberto no STF para apurar as declarações de Moro, que acusa o presidente Jair Bolsonaro de tentar agir na Polícia Federal com interesses políticos e pessoais.

Em um dos trechos do vídeo, o presidente afirma que troca “todo mundo da segurança. Troco o chefe, troco o ministro” para que a família dele não seja prejudicada.  Enquanto Moro afirma que tal declaração estava relacionada a investigações da Polícia Federal, Bolsonaro diz ter feito alusão a eventuais ataques contra seus familiares, que fez citação ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

Para o ex-ministro, as gravações em questão não apresentam temas que apresentem “segredo de Estado”, como alegado pelo governo. O ministro Celso de Mello deu um prazo de 48 horas para que as partes envolvidas se manifestem sobre a eventual divulgação das imagens.

 

Leia Também
Ministros contradizem Bolsonaro, que dá reuniões ministeriais por encerradas
Bolsonaro disse que exame de Covid-19 poderia levá-lo a impeachment, diz jornal
Depoimentos de ministros recaem contra Bolsonaro, mas “interferência” fica em segundo plano
GGN prepara dossiê sobre trajetória de Sergio Moro. Saiba mais aqui

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Funcionários do Banco Mundial criticam Weintraub: "Vergonha", "fugitivo", "comportamento de ódio"

1 comentário

  1. Sobre segredo de Estado, Bolsonaro quer se safar usando as mesmas concepções da época da ditadura militar…
    não é decretado segredo, mas é divulgado, revela manobras, ameaças e podridões, então passa a ser segredo de Estado

    Vocês, jornalistas, devem saber melhor do que eu que era assim que eles tentavam calar muito gente

    isto quando não prendiam de imediato e torturavam ou matavam

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome