MPF pede cassação da chapa de Claudio Castro

Tatiane Correia
Repórter do GGN desde 2019. Graduada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Com passagens pela revista Executivos Financeiros e Agência Dinheiro Vivo.
[email protected]

Governador eleito do Rio de Janeiro é acusado de abuso de poder político e econômico em escândalos da Ceperj e da Uerj

Foto: Carlos Magno/Governo do RJ

A Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro pediu a cassação da chapa do governador eleito Cláudio Castro (PL) por conduta vedada a agente público e abuso de poder econômico e político.

Segundo o jornal O Globo, Castro é acusado de envolvimento com contratações secretas feitas em ano eleitoral para a Fundação Centro Estadual de Estatística, Pesquisa e Formação de Servidores Públicos do Rio (Ceperj) e para programas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

A representação afirma que os envolvidos foram favorecidos com a contratação de dezenas de cabos eleitorais, em prejuízo e em desigualdade no comparativo com outros candidatos ao cargo.

Além da cassação de Castro, o Ministério Público Federal também pediu a cassação dos cargos e a inelegibilidade do vice eleito, Thiago Pampolha; do deputado eleito Rodrigo Bacellar (PL), atual secretário estadual de Governo; além de outras pessoas ligadas ao primeiro escalão do governo estadual.

O pedido de cassação não impede a diplomação de Castro e Pampolha, prevista para ocorrer nesta sexta-feira (16/12).

Saiba Mais

Tatiane Correia

Repórter do GGN desde 2019. Graduada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Com passagens pela revista Executivos Financeiros e Agência Dinheiro Vivo.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador