O Fla-Flu e a crise de ideias

Por Gunter Zibell

Esse mito do fla x flu, da polarização, etc. vai ser desmontado também. Quem dá um tempo agora até 31/ou. decide. A história mostra que o número de nulos/brancos é mais ou menos o mesmo nos dois turnos. É só conversa para ganhar tempo e poder demorar mais um pouco para processar as coisas.

Não há polarização possível na falta de ideias. Ficam tentando complicar o mundo. Veja-se as “ideias econômicas de Serra”, a única diferença palpável se refere a voltar a contingenciar o funcionalismo público. Então o debate é se isso é estrategicamente bom ou não para o país. Todo o resto são decorrências naturais do ordenamento econômico.

O meu resumo para o momento é o seguinte:

– o governo é bem avaliado e o projeto não se esgotou. Isso leva a uma temporária crise de ideias. Mas tem condições de sair disso

– o mesmo cenário levou a uma oposição improdutiva. A governabilidade não é uma questão semântica. O que se relata hoje sobre o DEM vai ocorrer com o PSDB, só que em outro ritmo. Acho provável que políticos que não se elejam agora mudem de partido nos próximos anos. A grife está desgastada.

– é impossível compreender o raciocínio que possa estar por trás do planejamento estratégico do PSDB. Se em algum momento um discurso politicamente conservador retomar força dependerá de momento internacional para isso, de esgotamento do projeto atual e não serão os caminhos atuais que canalizarão isso. Ainda vai ser desenvolvido o caminho.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  EUA receberão informações sigilosas da Petrobras graças à Lava Jato

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome