Obama se pronuncia sobre protestos nos Estados Unidos

Ex-presidente diz que manifestações são 'diferentes de tudo que já viu': 'Vocês ajudaram a fazer o país sentir que precisa melhorar'

Foto: Reprodução/Britannica

Jornal GGN – O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, falou ao vivo pela primeira vez a respeito do assassinato de George Floyd e os protestos contra o racismo e a brutalidade da polícia norte-americana.

Em videoconferência, Obama afirmou que se sente otimista ao ver as mobilizações nas ruas, mesmo que tenham sido motivas pelo assassinato de um homem negro por um policial branco. Para ele, os jovens que puxaram tais protestos “ajudaram a fazer o país sentir que precisa melhorar”.

Obama disse ainda que “a sociedade foi moldada pelos jovens” e citou importantes líderes de movimentos raciais e sociais, como Martin Luther King e Malcolm X, que ainda jovens protestavam. O ex-presidente também fez comparações entre as atuais ondas de protesto e as manifestações da década de 60, afirmando que o que vê agora acontecendo é “diferente de tudo que viu na vida”, e afirmou que isso poderia fazer com que as pessoas “acordassem” e trabalhassem para mudar “uma longa história de escravidão” e racismo institucionalizado no país.

“O que me faz tão esperançoso é a mobilização de tantos jovens. Vocês ajudaram a fazer o país sentir que precisa melhorar”, declarou Obama, segundo informações do jornal O Globo. Obama já havia se pronunciado sobre o caso em um comunicado divulgado na internet, na última segunda-feira.

 

Leia Também
Vídeo: “Marchem ao nosso lado”, pede ativista negra. Militares dos EUA demonstram apoio
Caso George Floyd: Trump pede intervenção militar para conter protestos em Minnesota
Caso George Floyd: a brutalidade do estado que só encontra vidas negras

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Deputado pede CPI para investigar ações dos procuradores de Curitiba e ligações com Moro

1 comentário

  1. Ainda perdem tempo escutando tipos como esses… Não têm nem nunca fizeram nada para modificar o “status quo” vigente na colonia sionista kosher khazarian USA Inc…

    1
    1

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome