“…Paz sem voz, Não é paz, é medo!”*

O que sobrou do céu(?)

(Marcelo Yuka / O Rappa)

Os comentários sobre a ação policial para a libertação da comunidade do Complexo do Alemão, com imagem digital, completa significados emergentes, irão além das atuações policiais ou do discurso do governador?
As chances de paz, a paz social, da justiça social, do cidadão enxergado pelo Estado, serão, de fato, exitosas?
As pessoas, em geral, poderão compreender que a questão não cessará enquanto o Estado não for capaz de interromper a “fábrica de marginais” (segmentos marginalizados pelo braço do Estado e pelas parcelas mais ricas da sociedade), oferecendo oportunidades mais justas, resultado de políticas públicas que beneficiem os que mais precisam dele?

Leia a íntegra aqui>>>

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Rodrigo Maia nega estender estado de calamidade

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome