PMN diz que não tem interesse em fusão com PPS

Da Rede Brasil Atual

MD de Roberto Freire morre antes de nascer e complica sonho de Serra

por Helena Sthephanowitz 

O cacique do PPS, Roberto Freire (SP), bem que tentou  “casar” seu partido com o PMN e criar o Mobilização Democrática (MD). Mas o plano de Freire de fundir os dois partidos abrindo possibilidades para outros parlamentares poderem trocar de legenda sem perder o mandato por infidelidade partidária acabou na tarde de ontem (9). Em nota, a presidenta do PMN na Paraíba, Lídia Mouradisse: “O PMN vai comunicar ao PPS que não tem mais interesse na fusão que daria origem a uma nova legenda, a MD”.

O motivo da desistência, segundo Lídia Moura,seria por Roberto Freire ter promovido reuniões sem o conhecimento do PMN, sendo uma delas para debater a reforma política. No projeto do partido de Freire figura o fim das coligações nas eleições proporcionais, posição que contraria a do PMN, que vê essa proposta como nociva aos interesses dos pequenos partidos. No encontro do PMN, uma das vozes que mais argumentou contra a fusão foi a de Lídia Moura, que considerou a dificuldade do PPS de honrar a palavra e os acordos como um desrespeito inadmissível.

A costumeira indecisão de José Serra (PSDB-SP) em definir rumos acabou tirando a escada e deixando Roberto Freire. Não era novidade para ninguém a intenção de Freire em fundir seu PPS com o PMN para criar o MD e receber a filiação de José Serra, que poderia levar outros tucanos ligados a ele.

A saída de Serra do PSDB visava a enfraquecer a candidatura do senador Aécio Neves à sucessão da presidenta Dilma. Com a derrota de seu aliado, o vereador Andrea Matarazzo na eleição para presidente municipal do PSDB em São Paulo, Serra cogitou pegar o boné e disputar a presidência em outro partido.

No nível nacional, Serra também foi alijado do cenário político após o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso declarar seu apoio à campanha de Aécio.

Freire já havia feito o convite abertamente para que Serra e Eduardo Campos, governador de Pernambuco (PSB), o ajudassem a fundar a legenda que, em princípio, teria o nome de Mobilização Democrática, para disputar já em 2014. Com a desistência de se fundir com o Partido Popular Socialista, o PMN inviabilizou o surgimento do MD. E agora, para onde vai José Serra?

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador