Sandra Cureau quer multar a Record

Por Enteu 

Enquanto isso o MP pede condenação da Record por propaganda pró Dilma:

Do Radar On-Line

Record pode ser multada por reportagem pró-Dilma

A Record corre o risco de se tornar a primeira rede de TV a tomar uma multa por uma reportagem favorável a um presidenciável. Ontem à noite, o Ministério Público pediu ao TSE a condenação da emissora do bispo Edir Macedo por ter veiculado reportagem positiva à Dilma Rousseff. O material foi ao ar no noticiário de terça-feira da semana passada,

A vice-procuradora-geral Eleitoral, Sandra Cureau, enviou parecer em que concorda com a ação da coligação de José Serra para multar a emissora em até 100 000 Ufirs (cerca de 100 000 reais). Motivo: a reportagem, que se propunha a apresentar os candidatos ao segundo turno, deu “engenhosamente”, segundo ela, tratamento privilegiado à Dilma em relação a Serra.

NelaNela, Serra foi apresentado como tendo sido bem votado no primeiro turno em redutos ricos, como a região de Jardins, em São Paulo, sem expor os motivos do sucesso eleitoral. Já Dilma, foi mostrada como mais votada em redutos menos favorecidos, como a região de Parelheiros.

Mais: enquanto entrevistados justificaram o apoio à petista, ninguém fez o mesmo com Serra. Consta ainda da reportagem a informação de que em Parelheiros o eleitorado de Serra é “em número bem menor”.

Mesmo tendo sido citada, a Record não quis apresentar sua defesa. Ou seja, será julgada à revelia. Às vésperas do primeiro turno, Edir Macedo, chefe da Igreja Universal e da Record, defendeu o voto na petista. Comentou Cureau sobre a reportagem da Record:

– Ao confrontar as casas humildes e o ambiente de pobreza com a riqueza e a prosperidade do cenário anterior, deixa no espectador a impressão de que está assistindo a um programa eleitoral de Dilma Rousseff. 

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/eleicoes-2010/mp-cobra-condenacao-da-record-por-materia-pro-dilma/ 

Por Ed_milson

Para a Dona Cureau, mostrar a realidade é favorecer Dilma ilegalmente…

Do Globo Online

“Cureau concorda com coligação de Serra e avalia que matéria da Rede Record beneficiou Dilma

Publicada em 14/10/2010 às 14h22m

Leia também:  Reforma eleitoral minou frente anti-Bolsonaro nas eleições 2020

O Globo

BRASÍLIA – Em parecer encaminhado quarta-feira ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, concordou com os argumentos de uma representação da coligação do presidenciável José Serra (PSDB) contra uma matéria jornalística da Rede Record. Segundo a representação, ao trazer os resultados da eleição presidencial no primeiro turno no município de São Paulo, a matéria confere um tratamento diferenciado aos candidatos, contrariando a legislação eleitoral, além de mostrar uma pesquisa de intenção de votos tendenciosa.

Se condenada, a emissora poderá pagar um multa entre 20 mil e 100 mil Ufirs (cerca de R$ 20 mil a R$ 100 mil).

Segundo Cureau, a matéria “cria engenhosamente uma divisão entre regiões que votaram predominantemente em cada candidato”, associando a candidata petista Dilma Rousseff a áreas humildes, como Parelheiros, e o tucano a áreas mais ricas, como a região dos Jardins. Para a procuradora, isso levaria o eleitor a acreditar que os ricos votam em Serra e os mais pobres em Dilma. A matéria, no entendimento dela, justifica essa divisão por causa dos benefícios oferecidos pelo governo Lula e que tais ações devem continuar com Dilma.

Cureau diz ainda que cabe à Justiça Eleitoral resguardar o tratamento igualitário aos candidatos.”

Já a cobertura do Jornal Nacional ele deve achar perfeitamente legal… 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome