Santos agradece empenho de Lula pela paz

Diplomacia sul-americana: Santos agradece Lula.

Do G1

Lula e Santos conversam por telefone sobre conflito Venezuela-Colômbia

N
ovo presidente colombiano agradeceu atuação de Lula pela solução da crise.

Ministros venezuelano e colombiano devem se reunir nas próximas horas.

Nathalia Passarinho Do G1, em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou na noite desta segunda-feira (9), por telefone, com o colega colombiano, Juan Manuel Santos. De acordo com a Presidência, Santos agradeceu o empenho do presidente brasileiro em normalizar as relações diplomáticas entre a Venezuela e a Colômbia. Santos também informou que o ministro de Relações Exteriores venezuelano, Nicolas Maduro, e a chanceler colombiana, María Angela Holguin, se reunirão “nas próximas horas” para discutir o conflito.

No dia 22 de julho, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou o rompimento das relações diplomáticas com o governo colombiano depois que o então presidente do país, Álvaro Uribe, denunciou à Organização dos Estados Americanos (OEA) a suposta presença de guerrilheiros das Farc em território venezuelano. Após a posse de Santos, os governantes dos dois países deram demonstrações de que desejam uma reaproximação e marcaram umareunião para esta terça (10), em Santa Maria, na Colômbia.

DeaDe acordo com a Presidência, a conversa entre Lula e Santos durou 15 minutos. O presidente brasileiro retornou uma ligação feita por Santos no início da tarde. Durante o diálogo, o novo presidente da Colômbia agradeceu a presença de Lula na posse dele, no último sábado (7).

Lula, por sua vez, desejou o “pronto restabelecimento” do vice-presidente da Colômbia, Angelino Garzón, que foi submetido nesta segunda a uma cirurgia do coração. Segundo comunicado médico da clínica Shaio, em Bogotá, Garzón recebeu “cinco pontes coronárias e se encontra em recuperação na unidade de cuidados intensivos cirúrgicos, onde sua evolução será acompanhada nas próximas 48 horas”. 

Por Rubem

EUA “apóiam”, “concordam” e “fomentam”:

Do Estadão.com.br

EUA apoiam reunião entre Chávez e Santos para superar crise

Relações diplomáticas entre Colômbia e Venezuela estão rompidas há duas semanas09 de agosto de 2010 | 20h 49

Leia também:  Líder do governo Bolsonaro é alvo de operação policial

Efe

WASHINGTON- O governo dos Estados Unidos afirmou nesta segunda-feira, 9, concordar com a reunião entre o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e seu colega da Venezuela, Hugo Chávez, que ocorrerá amanhã com o intuito de superar a crise diplomática que já dura duas semanas.

“Certamente fomentamos esse tipo de reunião”, disse o porta-voz do Departamento de Estado, Philip Crowley, em sua coletiva de imprensa diária. Crowley, no entanto, se recusou a dar declarações sobre o possível resultado da reunião.

Chávez e Santos escolheram a cidade de Santa Marta, no Caribe colombiano, para realizarem uma reunião chave na qual tentarão encerrar uma grave crise que culminou no rompimento das relações diplomáticas em 22 de julho.

Chávez rompeu neste dia as relações com a Colômbia após o embaixador colombiano na OEA apresentar ao organismo supostas provas da presença de guerrilheiros em território venezuelano.

As relações entre os dois países já estavam congeladas desde 2009, após um acordo militar firmado pela Colômbia com os Estados Unidos. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome