Temer fala do caso Joesley e diz que Bolsonaro “continua” seu governo

Sem modéstia, Temer diz que deixará para a história uma imagem positiva, apesar de ter ascendido à primeira cadeira da República sob a alcunha de "golpista"

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Michel Temer avalia que Jair Bolsonaro faz um governo positivo porque o ex-presidente foi quem preparou o terreno antes, introduzindo a agenda das reformas no noticiário. Nas palavras de Temer, “do jeito que as coisas vão indo, o governo vai bem, porque está dando sequência ao nosso governo.”

Em entrevista à BBC, o ex-presidente falou que seu governo teve “esse mérito de colocar a Previdência, como de colocar outras reformas [na pauta do dia]. Reformas fundamentais para o país, como a reforma trabalhista, a reforma do Ensino Médio, a recuperação das estatais…”

Ele citou dois exemplos de que Bolsonaro colhe frutos do governo passado: primeiro aprovando em primeiro turno a reforma da previdência, e o acordo entre União Europeia e Mercosul. “Como se chegou a isso? Praticamente não deu tempo, digamos assim, no meu governo, de fechar este acordo, mas ele concluiu-se nesse governo. Então, eu digo: o governo Bolsonaro não saiu da linha pré-traçada no meu. E por isso, digamos assim, eu posso falar positivamente em relação ao governo que ele está fazendo.”

Sem modéstia, Temer diz que deixará para a história uma imagem positiva, apesar de ter ascendido à primeira cadeira da República sob a alcunha de “golpista”. “E aliás um positivo que eu imaginei que viria no futuro, mas eu vejo que está se processando precisamente agora. Vocês não estão aqui sem razão, se fosse alguém inteiramente deteriorado, eu nem sei se vocês estariam.”

Leia também:  Intercept vaza delação da OAS sobre propina no governo do PSDB em SP

Na entrevista, Temer ainda falou abertamente de seu encontro com Joesley Batista, da JBS, e afirmou que até hoje se sente prejudicado pela repercussão equivocada que a mídia teria dado da gravação feita pelo empresário em troca de um acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República.

Segundo Temer, o “tem que manter isso aí” não era para propina de Joesley a Eduardo Cunha, mas para a relação de amizade entre os dois. Ele lembrou que é de esforço para ter uma boa relação com Cunha que Joesley estava falando antes da memorável frase do ex-presidente. “Não existiu” nenhuma frase falando de pagamentos ao ex-deputado para que ele não fizesse uma delação.

Temer ainda criticou o ex-juiz Sergio Moro e disse que sua prisão teve em comum com a de Lula o componente “punitivista”, uma necessidade de prender para agradar a plateia. Constitucionalista, ele disse que a intimidade de Moro com os procuradores da Lava Jato em Curitiba é indevida. “O Judiciário há de ser permanentemente imparcial. Eu sou de Tietê, no interior de São Paulo, no meu tempo de menino, o juiz tomava o cuidado de não falar com quase ninguém.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

9 comentários

  1. Esse pessoal acredita realmente no que dizem??? Ou falam para ter algo a dizer?

    Por que, se realmente acreditarem é grave. demonstra o quão distante vivem da realidade… .e são gente que governa o país, pagas para pensarem e resolverem os problemas nacionais…

    Se habitam em uma redoma, apartados do povo e das agruras diárias, passam a ser o problema, não a solução…

    Preocupante e perturbador…..

    Um presidente e um congresso com vergonha na cara tiraria o centro do poder e o colocaria numa capital. Brasília transformou essa gente em ogros insensíveis……

  2. Uma coisa que no brasil tem um valor imenso, sem rigor é a tal opinião!
    Quando um burro empaca, uma vaca decide por um coice, um cachorro evita ser carregado eles estão expressando suas vontades que é uma espécie de opinião no mundo animal!
    Já seres humanos a opinião pura, sem o lastro de conhecimento racional sobre o fato em si, não tem valor!
    A opinião do Temer não leva em conta como vivem os milhões de desempregados, o que estão fazendo para morar, alimentar, para tratar de saúde e etc!
    A opinião do Bolsonaro sobre a fome reflete a ausência de matérias jornalisticas, de dados que possam ir ao fundo do tema!
    É um chute!
    São opiniões desprovidas de conhecimento, portanto de valor!
    Pesquisa de opinião publicada nestes moldes reflete mais interesses do que a realidade!
    Devemos ignorar, ser mais duros com opiniões jogadas ao vento quer seja por juízes ou generais…

  3. Esse vampiro não toma jeito nunca, vai morrer pavão se achando o máximo. Se toca vampiro você tem a pior avaliação da história da república brasileira, ainda mais, saiu respondendo vários processo por roubo.

    1
    1
  4. O antecessor roubava R$ 500 mil por semana e operava a corridinha da mala.
    O sucessor terceiriza com a atuação do desaparecido Queiroz.
    Mas ambos garantiram o desemprego, o crescimento zero etc.
    A corda e a caçamba, vieram para destruir.
    Conseguiram

  5. O que torna a ‘Surrealidade Brasileira’ ainda maior é perceber que os tais “Progressistas” não querem um Poder Judiciário Autônomo e Democrático que possa alcançar a Todos. Querem o Estado controlado por sua Ideologia. Continuidade quase secular do Estado Absolutista Caudilhista. Não existe Pluralismo, Democracia, Liberalismo e Republicanismo na construção deste Estado. Não querem e não exigem punições para o Tucanato ou Michel Temer. Este então, pode voltar a discursar sem medo de prisão. Um Presidente da República que extorque o Empresariado Brasileiro embaixo do berço do seu Filho !!! É Inacreditável !!! Como inacreditável é um Senador, Senador Tucano gravado fazendo o mesmo tipo de extorsão. Senador que por muito pouco, não se tornou Presidente da República. Como inacreditável é um ‘bunker’ de Congressista estourado e revelado milhões de reais. E até hoje, nem Autoridades nem Progressistas exigirem a revelação da procedência de tamanho desfalque na Nação. Isto sim é a maior ABERRAÇÃO INACREDITÁVEL !!!! Bandidos ainda podem se vangloriar de seus feitos !!!!!!!! É a Bandidolatria elevada à décima parte !!!

  6. Maldade isso. Depois de 200 dias de Bolsonaro, começo a achar que, afinal, o Temer não era tão ruim assim… ele roubava um pouquinho, foi poupado pelo Congresso, mas garantiam que ele responderia por tudo que fez após o fim do mandato.
    Tá demorando um pouco, claro, mas eu ainda acredito…. acredito?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome