Além da adoção

Da Folha de S.Paulo

Seminário debate adoção e políticas públicas para crianças

DE SÃO PAULO – Advogados, cientistas sociais, psicólogos e acadêmicos participaram ontem dos debates do seminário “Além da Adoção”. A falta de políticas públicas para garantir a estrutura familiar foi um dos temas tratados no evento.

As conclusões serão encaminhadas à Frente Parlamentar de Adoção e à ministra Maria do Rosário (Direitos Humanos), que abriu o seminário propondo a criação de um fórum permanente de discussão.

Coordenador da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de SP, o desembargador Antônio Carlos Malheiros comparou a formação de grupos de crianças para cometer furtos a um “câncer” de difícil solução, que começou com o abandono do Estado, levou a desagregação familiar e chegou às crianças nas ruas.

Segundo levantamento da Secretaria de Direitos Humanos, há hoje 23.973 crianças nas ruas em todo o Brasil. Palestrantes defenderam flexibilidade dos juízes em relação à fila do cadastro nacional para decidir quem poderá acolher uma criança.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome