GGN Covid: sinais de subnotificação de casos no Rio de Janeiro

Confira o quadro abaixo, com um resumo da situação do Covid no Rio de Janeiro. O que chama atenção:

  1. O Rio de Janeiro responde por 8,22% da população brasileira. E por 10,98% do total de óbitos.
  2. Sua taxa de morbidade (óbitos / casos) é de apenas 0,92%, contra 1,64% do país.
  3. Já a taxa de mortalidade é de 0,38%, contra 0,28% da média nacional.
  4. Se os óbitos superam a média nacional em dois itens relevantes, como se explica que o total de casos seja de apenas 5,97% do total de casos do país? Não bate.

Mais ainda. A tabela de Casos mostra a média diária semanal dos últimos 14 dias. Nela, se percebe a extraordinária subnotificação do período e o ajuste de dados que fez as estatísticas explodirem. Ao mesmo tempo, a média diária semanal de óbitos permaneceu com poucas oscilações.

Quando se compara a curva de óbitos com a de casos – com defasagem de 14 dias – percebe-se uma falta ampla de convergência.

Compare, por exemplo, com os dados de Santa Catarina. As curvas de Casos e Óbitos seguem a mesma direção.

Ou Minas Gerais

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome