Como a pandemia avançou sobre os indígenas da Amazônia

No último boletim da Coiab, de 25 de setembro, há 24.723 casos confirmados em 132 povos. Já morreram 661 indígenas de 98 etnias.

O novo coronavírus se disseminou mais rápido e mortalmente entre 98 etnias. A imagem acima é de Hym’ba Sateré Mawé, liderança da Associação de Mulheres Artesãs Sateré-Mawé, que confecciona máscaras em Manaus (Foto: Raphael Alves/Amazônia Real)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome