Em novo ataque a tiros, dois caciques Guajajara são mortos no Maranhão

No ataque morreram dois caciques: Firmino Prexede Guajajara, de 45 anos, da aldeia Silvino (TI Cana Brava), atingido por quatro disparos, e Raimundo Benício Guajajara, de 38 anos, da aldeia Descendência Severino, Terra Indígena Lagoa Comprida

A imagem acima mostra o corpo do cacique Firmino Prexede Guajajara, de 45 anos, da aldeia Silvino (Foto: Mídia Índia)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. Nassif: parece que o plano da limpeza étinica tá a todo vapor. O ministro responsável tem comparecido com frequência ao Congresso. Primeiro autoriza as milícias do agronegócio a matar sem ser punida (esse é um dos pontos exigidos pelo senadores e deputados da área). Depois, os negros, com mais 3 arrobas, que não puderem serem aproveitados para os serviços domésticos. E, finalmente, a povalha. Mas estes ficarão por conta das multidões convocadas pelos do TemploDoBras. O Messias chegou…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome