Os diálogos imaginários entre Deltan e Janot, por Luis Nassif

Lendo os diálogos entre Deltan Dallagnol e Rodrigo Janot, lembrei-me do episódio e imaginei a seguinte conversa de alto nível, aliás do nível daquela revelada pela Folha.

 

Anos atrás, em um almoço, Paulo Cunha, presidente do grupo Ultra, desabafou comigo. Tinha ido a Nova York, no escritório de um banco de investimentos. Na saída, pegou o elevador com jovens yuppies celebrando:

– Amanhã vamos detonar o México!

Milhares de pessoas sendo afetadas, famílias sendo destruídas por uma crise cambial e os jovens yuppies celebrando o poder que lhes foi conferido.

Lendo os diálogos entre Deltan Dallagnol e Rodrigo Janot, lembrei-me do episódio e imaginei a seguinte conversa de alto nível, aliás do nível daquela revelada pela Folha.

– Rodrigo, hoje vamos detonar a Odebrecht. Kkkk

– Boa, Deltan. Quantos empregos serão liqüidados?

– Na tacada de hoje, uns 50 mil. Kkkk

– Muito bom. Kkkkk.

– As próximas serão a Camargo e a Andrade. Quero ver eles aguentarem choradeira dia e noite de empregados demitidos.

– Vai abrir um bom mercado de palestras para nós. Vamos ensinar esses empreiteiros atrasados que, sem uma consultoria de compliance, vão quebrar mesmo.

– E vamos preparar um curso de empreendedorismo para os demitidos, bancado pela XP. O que acha?

– Você é um empreendedor nato, Deltan. Kkkkk

– Seria o caso de levar o Carlos Fernando com a gente? Ele já está montando seu escritório para compliance.

– Belo amigo, você. Kkkkk. Meu escritório está quase pronto e não quero competidores. A propósito, como está indo o acordo com o DoJ? Eles estão cumprindo o combinado?

– Claro, Rodrigo. Os americanos têm palavra, não são que nem os brasileiros. Kkkk. Já estou abrindo minha empresa, em nome da minha mulher. A Rosângela Moro já abriu o dela junto com o Zucolotto. Vai ter trabalho para todo mundo depois que a fundação colocar a mão na bufunfa.

Leia também:  Para entender a armação da Receita em cima de Gilmar e Toffoli, por Luis Nassif

– Bufunfa?! Você usa essa expressão nos cultos?

– Kkkkkk. Nos cultos, sou culto.

– Não esqueça de incluir minha filha nessa. Com 27 anos ela já representou essas empreiteiras no CADE.

– Menina precoce, heim Rodrigo. Kkkkkk

– Outro dia, um assessor meu, ligado a direitos humanos, veio me perguntar se não havia jeito de preservar as empresas e os empregos. Eu disse que não. Vamos atribuir todo o desemprego à corrupção e usar como marketing para nossas próximas palestras. Vamos dizer que eles quebraram porque demoraram em aceitar nossas condições. Vai reforçar ainda mais nosso discurso.

– Aproveite e fale para o corregedor parar de me perturbar com essas investigações sobre palestras pagas. enão vou delatar o chefe dele Kkkk

– Não se preocupe, Deltan. Ele é bola nossa.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

25 comentários

  1. Nassif, seu artigo nos remete a um outro seu, o “A Lava Jato e os anjos da morte”…
    Porque dá pra imaginar sim, o sadismo, o orgulho dessa gente pequena e medíocre, deslumbrados com o poder que Mefistófeles-Globo lhes concedeu, ao verem de joelhos, impotentes, humilhados, os maiores empresários do Brasil, diante da tortura a eles imputada pelo carrasco-mor, Sérgio Moro (com as prisões “temporárias” e as penas duras de 40 anos de cadeia…) e a omissão covarde, maligna, dos ministros do STF….. Como se tornou fácil diante desse massacre, conseguirem as delações premiadas no jeito e na forma que desejavam para seus objetivos políticos.
    .
    Sobre aquele artigo, escrevi sobre um texto que li no meu Facebook, de um amigo que tem muitos conhecidos engenheiros demitidos dessas grandes empresas.
    Em seu testemunho, ele narra casos de suicídio e muitos que andam como que “em surto”, pois à medida que vão queimando seus ativos e poupança para sobreviverem, vai batendo o desespero pela queda brutal na qualidade de vida e o fantasma de um desemprego que tende a se manter com a recessão que só aumenta no Brasil atual. Centenas de milhares de famílias tendo que “se virar” nos “Uber da vida” EXCLUSIVAMENTE POR CULPA DE UMA OPERAÇÃO SÓRDIDA, DESUMANA, que destruiu as empresas e na verdade não combateu a corrupção, cada vez mais solta no Brasil de Temer e agora Bolsonaro. Os prejuízos causados ao povo, esses sim, são incomensuráveis!
    .
    Espero que um dia um dos nossos brilhantes cineastas faça um documentário sobre isso e te peça a autorização para usar como título o nome do seu artigo: “A Lava Jato e os anjos da morte” – A perversidade, a insanidade, os crimes cometidos por essa gente medíocre têm que ser revelados a todo o mundo, como um exemplo do mal absoluto transmutado cinicamente em “combate à corrupção”. Só uma sociedade enferma, manipulada no último nível de lavagem cerebral aceitaria tanto horror como “coisa de homens de bem”……

    6
    1
  2. Nossa! Parece uma transcrição de algum grampo real. É claro que eles conversam desta forma. Somos um nada para estas pessoas. Como disse meu irmão: O problema da direita brasileira não ser direita, é ser entreguista.
    Realmente, se fossem só de direita nós até compreenderíamos, mas não, insistem em destruir tudo o que foi construído no país e depois ficar comparando o Brasil com países que sempre protegeram suas empresas.
    Bando de gente ordinária que não pensa no país. Como diz Lula: A onde estão os generais patriotas?

    • Não há patriotismo quando se trata de poder e dinheiro, infelizmente. Homens de bem pensando apenas em “ ter” bens. Só isso. Canalhas.

  3. Um adolescente de uma pequena cidade do interior do Brasil resolveu roubar a casa do Delegado. Foi bem sucedido na empreitada. Mas não demorou muito e foi preso. Lançaram-no numa cela. Depois de uns vinte minutos, veio um agente, entrou na cela e passou em frente ao adolescente. Logo em seguida, se virou para o adolescente e perguntou-lhe:

    – Você me chamou de filho d’uma égua?

    O adolescente respondeu-lhe:

    – Eu nem sequer falei.

    O Agente retruca:

    – Não falou mas pensou.

    E encheu-lhe de porrada.

    Os Prucuradores não abriram o instituto pilantrópico mas pensaram em abrir. Não deveriam ser torturados mas deveriam ser punidos por esse desejo. Mas pau que bate em Xico, não bate em Francisco.

  4. TODOS OS ABUSOS SÃO FEITOS PQ EXISTE NO BRASIL A DITADURA DO JORNALISMO,APLICADO PELO FALSEAMENTO E DISTORÇÃO DA INFORMAÇÃO/REALIDADE PELA MÍDIA TRADICIONAL HEGEMÔNICA COM ISSO TODOS OS FORAS-DA-LEI SE SENTEM MUITO À VONTADE,UM PROCESSO BEM PARECIDO COM À ÉPOCA NAZISTA DE GOEBBELS/HITLER!

  5. Pelo o que me é dado a entender,a hoje Deputada Tabata jamais ficaria desempregada,mesmo considerando que nem “procuradora” ela é.Aquele colonista lindo de doer da Globo Overseas(PHA in memoriam),diria sem pestanejar:Há controvérsia,ela é “procuradora” sim,só esqueceu-se de registrar o diploma.

  6. Se tirar os eufemismos e hipocrisias, e tornar explícito o que é tácito, diálogos assim efetivamente ocorreram. Ocorrem até hoje e continuarão ocorrendo até que a corrupção seja realmente banida da cultura, da prática capitalista (e não incentivada, como fez e está fazendo a Lava Jato).

    E se é prá imaginar, convido à questão: será que é possível um capitalismo sem corrupção? É possível um capitalismo em que os donos dos meios de produção não avancem sobre o que é público? Ou que, pelo menos, contenham seus ímpetos à ilegalidade na busca por lucro? Será possível um capitalismo em que os capitalistas não desejam ser mais poderosos que o estado? Como seria um capitalismo sem corrupção?

  7. Com o a lava jato chegou a este ponto será que as autoridades não vão tomar providências espero que sim o STJ

  8. O descaramento é de uma crueldade terrível desses caras, eles tem a consciência do estrago que estão fazendo e não tão nem aí.

  9. Imagino o imaginário do Nassif criando uma obra dessa entre os lavajateiros e Barroso do Supremo, pois desde que o Supremo foi o Supremo do Jucá, que esse “supremista mor”, criador de uma Constituição única e exclusiva pra ele e pra República de Curitiba, que o bichão (capaz de ser ele o rato que a montanha pariu) não para de ministrar palestras, como é afeito a Ministro que se preze, afora ser bem mais chique. Pra ver o tanto de palestras do “gênio da enrolação” é só entrar no Google só com as duas palavras chaves “barroso palestra”. Meninos, é um assombro o tal do Barrosão. Vão ver até uma aqui na minha São Luís do Maranhão, em maio/2018, em que o homem fez o show, com direito inclusive a outdoors gigantes espalhados pela cidade toda, só pela comemoração dos 28 anos da particularríssima UNICEUMA. Asneiras eu sei que fez parte da oratória, difícil foi os espectadores terem entendido. O que me dá pena é eu não ser bisbilhoteiro pra ter descoberto o tamanho do cachê, o que não seria fácil, já que aqui no Estado “aviciado nos esquemas sarneyziano” que tudo é feito debaixo dos panos.
    Se o Nassif não se apressar, perderá a vez para fatos reais que o Intercept vai trazer, infalivelmente, pois dúvido que o Borroso não esteja nesse buraco de tatu.

  10. Ao ler os comentários percebi o quanto falamos em Uber, como uma das saídas para o público sem emprego. Então, daí imaginei o seguinte: qual será a dimensão e o potencial de dados pessoais de brasileiros e brasileiras, que estão em poder dos americanos do norte, ao juntarmos os arquivos do Uber, Instagram, Twitter, WhatsApp, Facebook, Linkedin, Google, Pinterest, Youtube, Flickr, Skype, Gmail, …? A grande maioria de nós, e de nossos dados pessoais, já foi devidamente cadastrado e registrado no Bureau Central da inteligência imperialista. Daí, o que nos resta? Resposta: lutarmos, lutarmos, lutarmos,……….

  11. Pelos diálogos apresentados até o momento, me parece que MoroMarreco é suficientemente esperto e safado, para sair dessa. Mas Dalanhinho sempre parece subserviente e se a pressão aumentar, parece que terá o perfil do suicida, pois não vai suportar viver com essa derrota.
    Os homens que deveriam mostrar o maior e melhor conjunto de éticas jurídicas, são a pior escória da máfia.
    A Gersonlandia, que gosta de levar vantagem em tudo, cujo país é o melhor e mais desenvolvido, porque sabe de tudo, se entregam a essa sujeira.
    Imagine você em um processo contra um banco, cujo juiz é amigão do banqueiro envolvido. Aí você entende como nossa podre elite manipula o poder.
    Para o país se tornar alguma coisa civilizada, irão mais de 500 anos, pois não será fácil tirar essas famílias do poder.

  12. Os personagens aí sao marionetes do DOJ e de outros gestores americanos de olho nas nossas riquezas, o que só seria possível com a prisão de Lula e com a destruição da nossa economia e da nosso país como nação soberana

  13. Coitado de nós brasileiros, crianças, idosos, jovens adolescentes, pais e mães, educadores, trabalhadores, desempregados todos esfolados e esmagado por pessoas que se diziam defensores da pátria amada, da corrupção, dos ladrões assaltantes da nação brasileira e da lava-jato acreditaram tanto no Brasil livre de corruptos e que HOJE se transformou em um verdadeiro ambiente de LAVAGEM DE PORCOS mentirosos enganaram toda a nação brasileira.
    E agora o ministério público vai ter a responsabilidade de organizar o país e pedir o afastamento das pessoas corruptas da lava-jato que tentaram acusar pessoas que no pensamento do POVO BRASILEIRO e inocente.
    E que até o momento não fora provado nada, a não ser a convicção do ex juiz SM
    Como educador convicção não é prova é uma dúvida e não uma veracidade os demais elementos preso pela lava jato não foram preso por convicção foram presos com a mala, a cueca e um apartamento cheio de dinheiro público.
    E até o momento o povo pensa verdadeiramente que Lula é inocente pois nada fora encontrado com ele somas elevadas na cueca na residência dele e nem em bancos no exterior.
    LULA verdadeiramente deve ser LIVRE.
    Lula foi o melhor presidente do Brasil nesses meus setenta anos de existência observando o comportamento dos políticos e digo mais nunca votei duas vezes em um mesmo candidato mas em LULA votei.
    LULA LIVRE para o bem do Brasil.

  14. Mais um conselho corporativo. Qual a real serventia? É hora, ou já passou, de enfrentar e aprofundar as investigações dos fatos e elementos escabrosos envolvidos.

  15. do sensacionalista:

    Os vazamentos das mensagens nada republicanas
    trocadas em o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador
    responsável pela Lava Jato Deltan Dallagnol continua.

    Depois de ficar claro que juiz e promotor combinaram
    movimentos da operação e buscaram censurar entrevista
    de Lula para prejudicar Fernando Haddad, mais material
    veio à tona.

    Em uma das mensagens, Dallagnol diz

    “oi razão dos meus pensamentos impuros”

    ao que Moro responde

    “saudade do que a gente ainda não viveu”.

  16. CENA 1

    -Sérgio, que porra é essa? (mulher mostra uma cueca com mancha de batom)

    – Isso o que?

    – Essa cueca tua, com marca de batom!

    – Menas, mulher, menas…Quem disse que essa cueca é minha? Ah….não me venha criar falsos escandalos, por favor…E quem garante que isso é batom? Pode ser mancha de vinho, catchup…Que idéia besta essa tuam, que balão vazio…

    – Mancha de vinho? Com o cortorno dos lábios? Canalha! E essa cueca tava no nosso cesto de roupa suja, seu safado!

    – E daí? Vai ver a faxineira se confundiu e deixou a cueca do marido lá…e a cueca ainda é branca e transparente…Eu nunca uso cueca transparente, não gosto de transparência…..Deixa de show, de sensacionalismo, ora…

    – Mas é daquelas do jogo de cuecas bordadas com as tuas iniciais, da nossa lua de mel, seu traste!

    Já disse que não é minha…vai que que foi algum hacker que colocou essa cueva lá , só pra criar rugas entre nós…

    – Hacker, canalha? Pelo computador, foi é? Cínico!

    – Isso mesmo. Foi você quem quis comprar aquela impressora 3D, falei que era besteira tua…

    – Mentiroso! Mentiroso! Cara de pau!

    – Deixa de besteira amor…confia em mim….afinal sou seu fiel con…conju..conjuju…conje…ah, sei lá ….sou teu marido fiel, isso é o que importa!…Vamos fazer uma segunda lua de mel lá nos States pra superar essa desconfiança…

    -Pára de me enrolar!

    – E vou agora mesmo na polícia apresentar uma queixa dessa faxineira. A gente demite ela e tudo volta ao normal.

    [cai o pano]

    segue em
    https://papodebutiquimpolitica.wordpress.com/2019/07/07/teatro-brasil-mambembe/

  17. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome