TV GGN: Witzel, o genocida, é o responsável pela morte de Agatha

PM que atirou confundiu uma esquadria de metal com um fuzil. Ambos, ele e Agatha, são vítimas da política genocida de um governador sociopata

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Witzel tem dez dias para explicar política de segurança pública do Rio, decide Fachin

7 comentários

  1. Precisamos lutar pela vida e esta luta hoje passa pela defesa profunda do Estado Democrático de Direito. A destruição das instituições via partidarização, sobretudo com base no ódio racista, de classe, machista, homofóbico e xenofóbico, abre caminho para sujeitos e grupos adoentados e, na maioria das vezes, a partir de lógicas e projetos firmados em atuações covardes e cruéis. Lutemos pela direito a dignidade humana e ao direito a diversidade de formas de vida, formas de viver e da fauna e flora.

  2. O maior erro que o Governador genocida do Rio de Janeiro que atende pelas iniciais WW cometeu em sua curta carreira politica,foi mandar dois bate paus dengados bater à porta de Luis Nassif.Vai pagar caro.

  3. Luis Nassif,

    Você está de parabéns por sua coragem de fazer este vídeo.
    As coisas precisam ser nomeadas como elas são, sem eufemismos.
    Essa política genocida já era praticada por governos anteriores. Mas se torna mais grave quando a autoridade central a legitima.
    Inocentes e políciais são vitimados. Porém, mesmo os traficantes precisam ser investigados e julgados dentro do devido processo legal.
    Será que nessa guerra insana às drogas há uma estratégia de abrir espaço para as milícias?
    Fiquemos atentos.

  4. Você está de parabéns por sua coragem de fazer este vídeo.
    As coisas precisam ser nomeadas como elas são, sem eufemismos.
    Essa política genocida já era praticada por governos anteriores. Mas se torna mais grave quando a autoridade central a legitima.
    Inocentes e políciais são vitimados. Porém, mesmo os traficantes precisam ser investigados e julgados dentro do devido processo legal.
    Será que nessa guerra insana às drogas há uma estratégia de abrir espaço para as milícias?
    Fiquemos atentos.

  5. O governo do Rio de Janeiro que deveria proteger Agatha uma criança que só queria estudar, na verdade é o governo assassino que atira e mata essa criança que só queria estudar.
    Então nos perguntamos, se um governo de um Estado brasileiro atira e mata crianças, quem vai ajudar e proteger as crianças deste país?

  6. Ontem e hoje, como varias diariamente, mais uma demonstração do “ Genocidio de Witzel”! Um desqualificado eleito deputado pelos comparsas cientes e por colegas enganados, comete um ato contra o povo originário brasileiro, ao rasgar um cartaz de pedido socorro da cosciência negra.So falta agora a justiça branca brasileira de origem europeia condenar o Nassif e mentir judicialmente negando que seu ex-membro Witzel “ não é Genocida”. A verdade não precisaria ser submetida por Witzel aos tribunais, pois o Brasil inteiro sabe que ele é Genocida. Está será para sempre a sua marca, a menos que se penitencie profundamente, pratique o contrário e prove. Assim mesmo, será tarefa árdua!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome