Ratzinger diz que culpa da pedofilia na Igreja é da revolução sexual de 68

Joseph Ratzinger, Papa emérito Benedicto XVI, atribui a pedofilia da Igreja à revolução sexual de 1968 e ao garantismo da Justiça em relação aos padres infratores.

No escrito, não trata da questão do celibato. Tudo se deve à falta de Deus e de punições. Mas traz revelações curiosas sobre a Igreja do seu tempo de juventude, que aceitava, entre os padres, clubes de homossexuais e áreas em que conviviam famílias dos religiosos.

Celibato virou dogma. E o problema não é o celibato em si, mas essa modernidade da revolução sexual, que veio para atrapalhar o santo dogma.

Aqui, a matéria da edição espanhola do El Pais.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

5 comentários

  1. Vejo nesse papa uma, apenas uma mas altamente elogiável conduta, merecedora de minha mais alta consideração: sua renúncia.

  2. A contra-revolução sexual é a solução contra a pedofilia.

    Os Agentes do Vaticano praticam crimes de pedofilia mas a culpa é dos outros.

  3. alguem dá ouvidos a uma pessoa que não cumpriu com suas obrigações? O cara fugiu das responsabilidades de ser o tal sucessor de pedro (até parece) e se acha no direito de culpar a revolução sexual??? uma pessoa formada com 18 anos em 1968 teria, hoje, 69 anos. O padrecos que estão sendo presos por acobertar ou praticar estupro contra menores tem muito mais que isso, e outros já morreram com muito mais que isso.
    Ou seja, a igreja é conivente e se acha no direito de culpar um movimento cultural.
    Essa é a besta que emerge do mar, o chifre pequeno. E com a laudato si, irão impor adoração do domingo, dia do sol, dia de um deus pagão.

  4. Preciosa informação. Então antes de 1968 não havia pedofilia exercida por religiosos católicos? Todos os que estudaram em colégios mantidos por religiosos, em qualquer época (meu caso 58-64) pode testemunhar diferente. O celibato católico é uma aberração, que causa muitas outras. E não só eles. Monges budistas também têm comportamento semelhante. É preciso calar o ex-papa, enfrentar o poder da gerontocracia pedófila e abolir o celibato obrigatório.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome