Sabesp muda média de consumo e deixa desconto na conta de água mais difícil

Da Rede Brasil Atual

 
A partir deste mês, os clientes terão de consumir 22% menos água para manter o benefício na fatura

A partir deste mês, as regras da Sabesp para o consumidor conseguir descontos na conta de água ficarão mais rígidas. Em entrevista à repórter Anelize Moreira, daRádio Brasil Atual, a coordenadora da Proteste Associação dos Consumidores, Maria Inês Dolci, reclama que os consumidores já colaboravam, economizando água e convivendo com o rodízio. “Nós entendemos que falta transparência nesse processo. Muitos consumidores que economizaram e receberam bônus de até 30% terão de economizar mais 22%, ou seja, a regra ficou mais rígida.”

A Sabesp alterou a média de consumo para o cálculo do bônus. A partir deste mês, os clientes terão de consumir 22% menos água para manter o mesmo benefício na fatura. De acordo com a Sabesp, 77% dos consumidores reduziram o consumo de água em 2015.

A meta de consumo mudou e estabeleceu que o valor será de 22%, isto é, se antes a meta era ficar abaixo de 15 metros cúbicos de água, agora, passou a ser de 11,7 metros cúbicos de água por mês.

Pelas novas regras propostas, o limite mensal para o consumidor que obtém desconto de 30% na conta será multiplicado por um fator de 0,78. “Caso a conta de água venha acima dessa média, o proprietário do imóvel pagaria uma sobretaxa que poder ser de 40% a 100% do valor da tarifa de água. Agora, caso o dono do imóvel consuma menos que 10% da média, ele ganharia um bônus gradativo.”

Ouça:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

6 comentários

  1. A Sabesp vai aplicar o método do cavalo do inglês.

    Conta a lenda que um inglês estava aplicando um método revolucionário para ensinar o seu cavalo a não comer, cada vez ele dava menos comida, quando o bicho se acostumava com a dieta ela a diminuía cada vez mais, o animal estava quase apreendendo quando o inglês teve que abandonar a experiência, pois o cavalo tinha morrido de fome.

  2. E eu? Não ganho nada?

    Eu consumo 2 metros cubicos por  mês e paga por 10 metros cúbicos. Não ganho desconto? NAO IMBECIL.

     

  3. Lanço aqui a nova campanha.

    Lanço aqui uma campanha, se você consome menos que 10m cúbicos mês, doe água para seu vizinho que gasta mais. Se sobrar, lave o quintal 3 vezes por semana. Sobrou ainda, lave seu carro. Sobrou,e lave a calçada dia sim e dia não.

  4. E daí?

    Se Alckmin passar a exigir que o paulista dê o próprio sangue em troca de água, na mesma proporção do consumo, ainda assim os paulistas continuarão votando nele.

  5. Sem quere defender o antro

    Sem quere defender o antro que é a sabesp, que eu conheci, e o desgoverno alquimista (que quiz até fazer chover bombaredeando as núvens em cima do cantareira…), ainda há muita margem para economizar água principalmente na classe média paulistana. Falo por experiência própria, a briga contra o desperdício aqui em casa e no prédio é diária. Frequentava hospitais públicos estaduais e numca vi nenhuma medida de controle de desperdício! 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome