Coronavírus: Mortes globais chegam a 750.000

Quase metade das mortes relatadas em todo o mundo ocorreram em quatro países: Estados Unidos (166.118), Brasil (104.201), México (54.666) e Índia (47.033).

Foto G1

Jornal GGN – Em todo o mundo, a pandemia de coronavírus já matou mais de 750.000, segundo dados do rastreador da Universidade Johns Hopkins.

No total, foram registradas 750.371 mortes e 20.651.113 casos em todo o mundo.

Quase metade das mortes relatadas em todo o mundo ocorreram em quatro países: Estados Unidos (166.118), Brasil (104.201), México (54.666) e Índia (47.033).

Segundo a AFP, o número de pessoas mortas pelo vírus dobrou desde 2 de junho, enquanto 100.000 pessoas morreram apenas nos últimos 17 dias.

Na América Latina e no Caribe, mais de 18.600 mortes ocorreram na semana passada, à frente do Canadá e dos Estados Unidos em mais de 8.000, Ásia a 7800, a África com quase 2.700 e Europa, com quase 2.600.

No geral, a Oceania foi a menos afetada em termos de mortes, com pouco menos de 400 para 24.000 infecções.

E de quase 1,1 milhão de pessoas confirmadas infectadas na África, até agora apenas mais de 24.000 morreram.

Com informações do The Guardian.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Covid-19 – De volta à trilha descendente?, por Felipe A. P. L. Costa

1 comentário

  1. Uma conta interessante.
    Segundo o portal da transparência morreram em 2019 1.240.000 brasileiros, em 2020 824.000, nós 7 meses. 1240000÷12=103333
    103333 x 7= 723333.
    824000-723333= 100666.
    O número de mortos pela COVID 19 NO SÁBADO ERAM 100.000

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome