Cubanos têm desempenho similar ao de brasileiros no Revalida

Prova não é exigida para profissionais do Mais Médicos, ainda assim, nos últimos anos aumentou o número de cubanos inscritos no exame 
 
Foto: Agência Brasil
 
Jornal GGN – Os médicos cubanos têm desempenho semelhante aos dos médicos brasileiros no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas (Revalida), prova aplicada pelos ministérios da Educação e Saúde para simplificar o processo de reconhecimento de diplomas de medicina emitidos por instituições de ensino estrangeiras. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, na última edição da prova, aplicada em 2016, 24,3% dos cubanos e 28,5% dos brasileiros inscritos no exame foram aprovados.
 
O Revalida não é obrigatório para os profissionais do Mais Médico. Inicialmente, a dispensa foi aplicada pela lei nº 12.871, que criou o programa sancionado pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2013. O presidente Michel Temer (MDB) prorrogou o prazo de dispensa do exame em 2016, por meio da lei número 13.333. 
 
Ainda assim, houve o aumento de médicos cubanos que se inscreveram para realizar a prova. Segundo dados do Inpe, obtidos pela reportagem da Folha, em 2016, 1.456 médicos do país caribenho se inscreveram para o Revalida. Em 2011, foram apenas 14. Após a criação do Mais Médicos, o número subiu para 32 profissionais cubanos e, em 2014, para 159. Os cubanos são a segunda nacionalidade que mais procuram o exame, atualmente, atrás dos brasileiros que, em 2016, somaram 2.919 participantes.
 
Na última quarta-feira (16), Cuba anunciou a quebra da parceria com o Mais Médicos, em decorrência de críticas feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro. O militar da reserva disse que “expulsaria” os profissionais da saúde que vieram do país, além de questionar a qualificação dos médicos propondo a revalidação do diploma. Para completar, num tom que remonta às tensões da guerra fria, disse que sua decisão seria baseada no fato de os médicos cubanos serem tratados como escravos pelo governo de Cuba. 
 
Sem Cuba, o Brasil perderá metade dos profissionais do Mais Médico. O programa soma atualmente 18.240 vagas, 8.332 delas ocupadas por cubanos, enquanto cerca de 2 mil estão abertas. Os brasileiros formados no Brasil ou com diploma do revalida ocupam apenas 4.525 vagas, ou o equivalente a 28% do total.
 
O governo Temer anunciou nesta segunda-feira (19) um edital para suprir as vagas que serão abertas. As inscrições ficarão abertas de quarta (21) a domingo (25) e valerá tanto para brasileiros quanto para médicos estrangeiros que tenham o diploma revalidado para atuar no país. 
 
Em entrevista para o G1, o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, disse que a saída dos médicos cubanos irá impactar no tratamento de mais de 1,6 milhão de pernambucanos. A situação será agravada no Sertão, onde proporção chega a ser de 22 profissionais cubanos para três ou quatro brasileiros. Em todo o estado de Pernambuco, há 414 médicos cubanos em atuação.
 
Já a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) estima que, em todo o país, mais de 28 milhões de pessoas devem ficar sem proteção médica com o fim da parceria. 
 
“Entre os 1.575 Municípios que possuem somente médico cubano do programa, 80% possuem menos de 20 mil habitantes. Dessa forma, a saída desses médicos sem a garantia de outros profissionais pode gerar a desassistência básica de saúde a mais de 28 milhões de pessoas”, afirmou a entidade em nota.  
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. Interessante observar o

    Interessante observar o índice de aprovação.Aparentemente o índice é muto baixo.Talvez uma comparação com o índice de aprovados no exame da OAB poderia indicar se os indíces,nesta categoria,também são equivalentes.

    De qualquer forma,a equipe do defenestrado do exército e o exército de zumbis já devem ter ligados seus imaginativos pontos e “descoberto” que o segredo da alta votação do PT no nordeste está intimamente ligada a doutrinação marxista levada à cabo pelos cubanos.

    Pode ser verdade.Agora,se colocarem os mauricinhos e patricinhas para fazer o mesmo serviço perceberão que esta votação aumentará ,e muito,chegando quase aos 100%.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome