Pelo menos 61 profissionais estrangeiros do Mais Médicos recebem registro provisório

Pelo menos 61 profissionais com diploma estrangeiro participantes do Mais Médicos receberam, até agora, registros provisórios e estão aptos a começar a atuação no programa, segundo informação de conselhos regionais de Medicina (CRMs). O número corresponde a menos de 10% do total de 670 aprovados durante a primeira etapa.
 
 
De acordo com informações obtidas pela Agência Brasil com os CRMs, entre os registros concedidos, 19 foram liberados nesta segunda-feira (23) no Rio Grande do Sul. Além disso, foram concedidos 30 na Bahia e 12 no Ceará. Foi ouvido também o conselho regional da Paraíba, onde não houve, ainda, liberação de registro.
 
Está prevista para até terça-feira (24) a concessão de mais 17 registros no Ceará e dez na Paraíba, de acordo com os CRMs. O Ministério da Saúde confirmou apenas 39 liberações (12 no Ceará e 27 na Bahia) e disse, por meio de sua assessoria, que um novo balanço deve ser divulgado até o fim do dia.
 
A pasta não informou ainda quando os médicos vão iniciar atendimento em cada município para onde foram designados. Inicialmente, os profissionais começariam a atuar no dia 16 de setembro, mas a pasta adiou para esta segunda-feira (23), devido ao impasse com entidades médicas.
 
Desde o anúncio da vinda de médicos formados no exterior sem necessidade de revalidação do diploma, essas instituições anunciaram que não registrariam os profissionais, alegando que a legislação brasileira exige que passem pelo Exame Nacional de Revalidação de Diplomas (Revalida).
 
Para as entidades médicas, a não revalidação do diploma deixa a população sem garantia da qualidade dos profissionais. Em vários estados brasileiros, médicos foram às ruas no mês de julho para protestar contra o programa.
 
Já o Ministério da Saúde argumenta que a dispensa do exame é uma forma de evitar a concorrência dos médicos estrangeiros incluídos no Mais Médicos com os brasileiros, na medida em que, se tivessem o diploma validado, poderiam trabalhar onde quisessem e não apenas com autorização exclusiva para atuar na periferia das grandes cidades e em municípios do interior.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

3 comentários

  1. Revalida não tem justificativa
    Não sei quem é o autor do post abaixo, no Facebook, se alguém souber, favor informar Sempre que algo é mostrado em defesa do Programa Mais Médicos, a turma do contra resgata o Revalida. Como se Revalida e Mais Médicos não tivessem a mesma origem…É claro que estrangeiro fazer o Revalida para o Mais Médicos acabaria com o programa (e este é o real objetivo de quem propõe isso). Ora, se o cara passa no revalida e pode exercer plenamente a medicina, por qual razão vai atender na periferia e nos interiores? 

    Como o Mais Médicos está sendo planejado faz tempo, segundo “denúncia” dos CRM, será que não foi um erro criar uma prova que estabelece um imenso filtro para a entrada de médicos no Brasil?? Será que não foi um erro do Ministro??

    A portaria que cria o Revalida:
    http://direitomedico.blogspot.com.br/2011/03/portaria-interministerial-msmec-n.html

    A opinião do Dr. Heleno Rodrigues Correa Filho, professor da UNICAMP
    http://doctormedmac.blogspot.com.br/2013/06/professor-na-unicamp-heleno-rodrigues.html#.Uj-BQj8QNeQ

    A explicação detalhada mostrando que não dá pra usar Revalida no Mais Médicos
    http://www.blogdacidadania.com.br/2013/08/por-que-os-medicos-estrangeiros-nao-podem-fazer-o-revalida/ 

     

  2. Os médicos finalmente mostram

    Os médicos finalmente mostram a sua cara ! E não é bom o que vemos, assim como tem sido péssimo o atendimento dos médicos brasileiros nos planos de saúde, que não tem grande diferença do SUS. Demora de marcação de consultas, verdadeiro “benzimento” durante a consulta, nem pressão arterial é auferida durante a consulta e muito menos uma explicação s/ o uso do medicamento e duração do tratamento.

    Ah! que bom seria se somente os políticos fossem maus e corruptos !

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome