A guerra eletrônica

O Grupo de Guerra Eletrônica do Exército, composto, entre outros, por quatro doutores, conseguiu desenvolver, por um quarto do preço, equipamentos que no mercado internacional nao saem pr menos de R$ 10 a R$ 20 milhões.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora