A guerra fiscal e os cabeções

É curioso comparar a avaliação dos cabeções com os resultados de ações que eles criticam:

GUERRA FISCAL — Os investimentos da Ford no Norte e Nordeste mostram que a chamada “guerra fiscal” foi a única política industrial eficaz no país, desde o acordo automotivo de 1995. De acordo com os cabeções, guerra fiscal é prática predatória, embora o mundo inteiro esteja disputando investimento a bala.

VINCULAÇÃO ORÇAMENTÁRIA — Os melhores indicadores brasileiros dos anos 90 foram na educação e saúde. Justamente os dois setores cujos recursos foram preservados do controle do Banco Central, graças ao contingenciamento. Segundo os cabeções, contingenciamento orçamentário “inviabiliza” o país.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora