A pesquisa Datafolha

O ponto mais relevante da pesquisa Datafolha é a situação do segundo turno: Lula com 49% das intenções de voto contra 44% para Geraldo Alckmin.

Com a tendência manifestada nos últimos dias, se não der primeiro turno, o segundo começará praticamente empatado, mas com Lula em processo de queda e Alckmin de alta.

Em caso de segundo turno, espero que a polítia econômica entre, finalmente, em discussão.

Dos leitores

Há muitas variantes a serem consideradas aqui.

A primeira é as duas pesquisas são estimuladas: o voto, ao contrário do papel, não é por listagem. Mas por número certo.

Sinceramente, não sei porque Data Folha e Ibope pararam de fazer pesquisas espontâneas. Nesses casos, a diferença sempre foi “muito” favorável a Lula.

Há um segundo aspecto a ser considerado: Lula e HH perderão uma quantidade significativa de votos. O primeiro pelo voto “inutilizado” que alcança os mais pobres. E a segunda, pelo fato de mais de 50 por cento dos eleitores de HH não conhecerem o número dela até quinta feira à noite.

São variantes a serem levadas em conta, além evidentemente do jogo dos institutos do que podemos chamar de “margem ideológica de erro”.

Afinal, nenhum deles perde nada se não houver o segundo turno. Mas todos ganharão muito se houver, visto que teriam sido “os primeiros a apontar”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora