Chico de Oliveira e Kujavsky

A respeito dos temas política, internacionalização e nova opinião pública, dois artigos imperdíveis, para serem lidos e meditados, de dois grandes intelectuais, pensadores instigantes, de posições políticas diametralmente opostas. Para ler, meditar e reduzir a influência da campanha eleitoral nos comentários dos amigos leitores do Blog:

A primeira é a entrevista bastante pessimista de Chico de Oliveira à Folha (clique aqui), bem conduzida pelo Fernando de Barros e Silva e Rafael Cariello, falando do fim da política com o atrelamento das decisões de política econômica à economia internacional.

A segunda, o contraponto de Gilberto de Mello Kujavsky em seu artigo no Estadão de hoje (clique aqui).

Os dois são exemplos notáveis de pensadores independentes, muito distantes das panelinhas que se formam na Universidade.

Aliás, tenho eliminado apenas os comentários ofensivos, mas seria interessante, dentro do ambiente do Blog, que fosse reduzido o nível de maniqueísmo. Todos aqui têm cabeça feita. Nenhum lulista vai convencer o anti-lulista a mudar de lado; e vice-versa. Por isso, seria muito mais produtivo que a discussão focasse o conceitual, em vez de cair pelo maniqueísmo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora