Desenvolvimento e distribuição

Pessoal,

peloamordedeus, não cometam o erro de demonizar o desenvolvimento, como se fosse fonte da concentração de renda. É possível crescer e distribuir. É possível crescer sem distribuir em termos relativos.

Mas distribuir sem crescer é sonho, dura pouco. O crescimento permite gerar emprego, melhora a arrecadação sem aumentar impostos, permite gerar mais recursos para políticas sociais.

Só faltava, agora, essa anorexia com o crescimento, que já contaminou o mercado, passar a contaminar também outros setores.

Nos anos do chamado “milagre” aumentou a concentração de renda, mas melhorou a vida de todos. Aliás, se o crescimento no “milagre” tivesse se dado com distribuição de renda e melhoria dos serviços públicos, não teria se esgotado na primeira crise internacional.

Adendo

De tanto os cabeções insistirem que não se pode crescer sem cortar saúde, educação e previdência, o pessoal acabou acreditando que o mal está no crescimento. Esses economistas nunca pensaram em desenvolvimento. Sua única meta é a “solvência das contas públicas”, isto é, cortar todos os gastos, para que haja mais espaço para a irresponsabilidade monetária do Banco Central.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora