Entre no Projeto Brasil

Fóruns On-line Projeto Brasil são abertos a leitores sem cadastro

Usuários podem interagir com login e senha padrões

A partir de hoje e até a formulação do novo sistema, o Projeto Brasil abre espaço para que usuários não cadastrados interajam nos fóruns de discussão e tenham total acesso ao conteúdo do portal. O objetivo é aproximar especialistas, jornalistas e leitores para discutir políticas públicas brasileiras.

Usuários sem cadastro poderão participar das discussões utilizando os seguintes dados:

Login: projeto
Senha: brasil

Para tanto, é necessário que o usuário deixe nome e e-mail no fim de cada mensagem para identificação, inclusão no mailing Projeto Brasil e cadastro no novo sistema. Periodicamente e de acordo com o desenrolar das discussões, jornalistas irão intervir para sintetizar os temas tratados e redirecionar o debate para novos aspectos relvantes. Participe, acompanhe os Fóruns On-line Projeto Brasil.

Fundeb: divisão dos recursos entre os níveis de ensino

A questão que gera mais divergências é a divisão dos recursos entre o Ensino Infantil e Médio – o Ensino Fundamental deve receber, no mínimo, o mesmo repasse do Fundo de Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério (Fundef). A MP define como principal critério o número de matrículas registrado no censo escolar, mas autoridades municipais, responsáveis pelo Ensino Infantil, afirmam que a modalidade deve ter preferência por ser mais cara e fundamental na formação educacional, apesar das poucas matrículas existentes (apenas 13% das crianças com até três anos de idade estão em creches). Em contrapartida, os Estados defendem prioridade ao Ensino Médio – modalidade em que são responsáveis -, pois a resolução atual faz com que as verbas estaduais para o nível superem as federais.

Leia mais e participe do fórum de discussão

Inteligência policial: a tecnologia contra o crime organizado
A integração dos diversos órgãos brasileiros de segurança passa, necessariamente, pelo compartilhamento de informações criminais. De acordo com especialistas, investir em inteligência é uma das medidas mais importantes para combater o crime organizado. A situação brasileira não é uniforme: alguns estados ainda usam fichas de papel para registrar informações enquanto outros têm bancos digitais com fotos, vozes e dados sigilosos sobre as maiores facções do Brasil.

Leia mais e participe do fórum de discussão

Definição do piso salarial de professores da Educação Básica

A definição dos salários de professores da rede educação básica faz parte do Fundeb. O Ministério da Educação (MEC) formou um Grupo de Trabalho para tratar do assunto e enviar um projeto de lei até o dia 28 de março para análise do Congresso Nacional, sendo que deputados e senadores devem aprovar a legislação em até um ano. O MEC, por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vai elaborar uma planilha para orientar a coleta de dados pela rede de educação para subsidiar a fixação do piso nacional. Dentro do projeto, também deverão constar soluções para a diferença entre a remuneração dos professores nos municípios e nos Estados e a diversidade da jornada de trabalho.

Leia mais e participe do fórum de discussão

Política de penas alternativas
Vista como solução para o sistema carcerário brasileiro, a política de penas alternativas não deve ter o impacto esperado por especialistas. Pela legislação brasileira, pessoas condenadas por roubo devem ser presas, sem direito a cumprir medidas em liberdade. No entanto, são justamente os acusados de roubo que superlotam as unidades carcerárias brasileiras.

Leia mais e participe do fórum de discussão

Pessoal, se tiverem artigos ou comentários maiores para colocar, postem lá no fórum e a gente chama aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora