Gente humilde

Lula ganhou a segunda chance.

A partir de amanhã as maiores cobranças não partirão dos carbonários, mas de seus eleitores. Com esse segundo voto de confiança, não poderá mais falhar, seja no plano ético ou no econômico.

Ele não foi eleito pela mídia, nem pelos coronéis. Foi eleito por pessoas que, de norte a sul, mesmo ante escândalos concretos, acreditaram que ele poderia ter a segunda chance e melhorar o Brasil.

Não tem mais o direito nem de errar, nem de se acomodar, nem de empurrar a política econômica com a barriga.

Como diria Chico Buarque, em “Gente Humilde”, “eu que não creio / peço a Deus por minha gente / é gente humilde / que vontade de chorar”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora