O BC no corner

O Banco Central sempre procura uma desculpa para manter os juros altos. Mas está tecnicamente no “córner” (expressão de mercado, equivalente a “sinuca de bico”). Externamente, os preços do petróleo e das commodities metálicas estão caindo, assim como o risco Brasil. Internamente, a inflação não dá sinal de vida. É por isso que há meses o BC ensaia reduzir o ritmo de queda da taxa Selic e não consegue.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora