O ego e a guerra urbana

Escrevi o blog abaixo antes da explosão da bomba no trem-metropolitano. A insensatez está se abatendo sobre São Paulo. A falta de estratégia das autoridades, a selvageria do olho-por-olho, para poder livrar a cara das autoridades após o ataque do PCC, começa agora a expor a população a essa guerra sem quartel.

A luta contra o PCC é muito difícil e espinhosa, para ficar em mãos tresloucadas. É uma organização criminosa bem montada, comandada por assassinos frios. Ao ordenar a retaliação indiscriminada ao ataque do PCC, as autoridades paulistas passaram a expor a população à retaliação dos criminosos. As vítimas não são mais policiais e agentes penitenciários. Agora, é a população como um todo.

Seria importante que, como demonstração de solidariedade, as autoridades do sistema de segurança paulista, abrissem mão do carro blindado, da escolta e dos seguranças. Para ganhar aplausos de desinformados, expõem toda a população a uma insegurança sistêmica.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora