O estilo de Lacerda

Houve quem estranhasse a virulência do editorial de hoje da “Folha”, “Degradação“. O estilo foi claramente inspirado em Carlos Lacerda, inclusive no ritmo das frases e nas expressões, similar ao que Lacerda adotava quando radicalizava o discurso.

“Compra-se, com dinheiro sujo, um dossiê capaz de incriminar oposicionistas. Após o flagrante policial, jorram lágrimas de crocodilo. Conspiradores sem escrúpulo se dizem vítimas de conspiração. Mafiosos acusam quem os indicia. Intelectuais se tornam militantes da mentira. Como nos tempos de Stálin, setores de esquerda se esfalfam em condenar os que não ficam cegos aos desmandos do tirano” é puro Lacerda.

Não se está desqualificando o texto comparando-o a Lacerda, apenas registrando o estilo. Mesmo porque meu avô era amigo dele.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora