O pai do “choque de gestão”

Candidato a vice-governador de Minas Gerais, na chapa de Aécio Neves, o Secretário de Planejamento Antonio Anastásia é o grande implementador do “choque de gestão” de Minas Gerais.

No momento, Minas tenta definir algo inédito em termos de gestão pública: avaliação individual dos funcionários. É desafio para gestor nenhum botar defeito porque, ao contrário do setor privado, a avaliação não poderá se dar em torno do que o trabalho individual agrega ao lucro da empresa.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome