O papel de Kassab

Nas eleições presidenciais passadas, José Serra era execrado pelo PFL, principalmente após o episódio Lumus, que afastou Roseana Sarney da disputa. Nessas eleições, era clara a preferência do PFL por Serra, contra Geraldo Alckmin.

Duas pessoas foram artífices dessa mudança. O principal deles, o então vice-prefeito Gilberto Kassab que, durante um ano, trouxe líderes do PFL para conversar com Serra e aplainou as arestas com o partido. O segundo, o ex-deputado Luiz Carlos Santos, o primeiro a apontar para o partido a fragilidade do candidato Alckmin.

A aliança firmada com o PSDB, em São Paulo, foi um lance de craque do PFL. Abriu mão da indicação do vice, mas conseguiu colocar Guilherme Afif como candidato ao Senado. São pequenas as chances de Afif nessas eleições, competindo com Eduardo Suplicy. Mas se coloca para as próximas, quando serão disputadas duas vagas, a do senador Romeu Tuma, que deverá se aposentar, e a de Aluízio Mercadante.

Em compensação, a bancada paulista do PFL na Assembléia Legislativa e na Câmara Federal deverá aumentar substancialmente, na carona com o PSDB.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome