Os sonhos não morrem

No artigo que publicou na “Folha”, de homenagem ao editor Fernando Gasparian, o governador eleito de São Paulo José Serra se permitiu um momento de emoção, ao relatar o encontro com “velhos e queridos companheiros”.

Poucos perceberam o significado das lembranças. Na verdade, era Serra reencontrando sua própria história, agora que o governo de São Paulo o coloca na condição de um dos principais agentes políticos do país.

É um episódio que terá ainda enormes implicações para o futuro do país. A geração dos anos 60 não aposentou os sonhos de desenvolvimento, justiça social e construção de uma nação solidária e justa.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora