Painel internacional

Economias da Alemanha e França se recuperam

The Wall Street Journal

Ambas as economias alemã e francesa cresceram 0,3% no segundo trimestre, indo muito melhor do que o esperado e ajudando a aliviar a contração mais ampla do PIB da zona do euro, que diminuiu em 0,1%. A contração econômica da zona do euro desacelerou mais que o previsto, alimentando esperanças de que o bloco das 16 nações que usam a moeda poderia emergir da recessão muito mais cedo do que o previsto, revelaram os dados da Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia nesta quinta-feira.

Clique aqui


Lucro da Anheuser-Busch InBev salta 28%

A cervejaria Anheuser-Busch InBev informou um aumento de 28% no lucro do segundo trimestre na quinta-feira, apesar da venda menor de cervejas, enquanto o grupo belga, famoso pelas políticas de corte de custo, eliminou US$ 315 milhões em custos na cervejaria de Saint Louis, comprada no ano passado. A Anheuser-Busch InBev disse que o seu lucro subiu de US$ 836 milhões para US$ 1,07 bilhão. As receitas da fabricante da Budweiser e Stella Artois caíram para US$ 9,5 bilhões de um resultado pró-forma de US$ 10,45 bilhões que a Anheuser-Busch e a InBev alcançaram de forma distinta, no mesmo período de 2008. A receita comparativa cresceu 1,4%, enquanto a queda de 1,1% no volume foi compensada pelo aumento dos preços.

Clique aqui


Desemprego aumenta na Grã-Bretanha

The Wall Street Journal

Mais indícios de aumento do desemprego, sobretudo entre os jovens, destacou o próximo desafio econômico que os políticos britânicos enfrentarão no próximo ano, o de eleições. Dados oficiais publicados na quarta-feira mostraram que o desemprego saltou mais do que se esperava no segundo trimestre, para o nível mais alto em 13 anos. Os dados mais recentes revelam que o número de novos trabalhadores requerindo benefícios também subiu mais do que o esperado em julho, indicando um novo aumento do desemprego ao longo do verão. A taxa de desemprego subiu para 7,8%, passando de 7,1% no período anterior, com o registro de 2,4 milhões de pessoas fora do trabalho, com o pior ainda por vir.

Clique aqui


Índia fecha acordos comerciais com Sudeste Asiático

BBC NEWS

A Índia e os 10 países do bloco ASEAN, do Sudeste Asiático, assinaram um acordo de livre comércio depois de mais de seis anos de negociações. Tarifas de eletroeletrônicos, produtos químicos, máquinas e têxteis serão reduzidas e eventualmente eliminados. Estes produtos perfazem 80% das mercadorias comercializadas entre a Índia e a ASEAN. Mas a Índia foi autorizada a continuar protegendo o seu setor agrícola, e excluiu 489 produtos, incluindo borracha, do acordo comercial. Softwares de computador e tecnologia da informação também foram isentos. Uma pequena lista de produtos, descrito como “muito sensíveis”, tais como óleo de palma e café, terão tarifas reduzidas ao longo de 10 anos, mas apenas ligeiramente.

Clique aqui


China estuda recorrer da decisão da OMC

A China pode apelar da decisão da Organização Mundial do Comércio (OMC), de que a imposição (chinesa) de limites à venda de livros, filmes e música dos EUA é injusta. “A China vai avaliar as regras da OMC, apesar de não excluir a possibilidade de recorrer contra essa decisão, disse Jian Yao, porta-voz do Ministério do Comércio, em uma declaração hoje no site da agência. A nação “lamenta” a decisão, disse Yao. A administração do presidente dos EUA Barack Obama garantiu a primeira vitória comercial contra a China, quando a organização do comércio disse que o limite (de importações de audiovisuais norte-americanos) viola as regras do comércio mundial, em uma decisão divulgada ontem.

Clique aqui


Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome