Sacralização do BC

As explicações do Ministro da Fazenda Guido Mantega, de que não pressionou o BC na cerimônia de apresentação do PAC é patética. Todos os presentes perceberam que era brincadeira. Mas as críticas posteriores, e a necessidade do desmentido, mostram o nível de sacralização do BC. É como se Mantega tivesse brincado com a Virgem Maria ou com algum símbolo religioso nacional. Não há limites para esse ridículo dos cabeções.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora