Suzane e a Globo

A respeito da polêmica sobre o direito ou não da Globo de divulgar a conversa gravada sem o conhecimento de Suzane, encontrei-me hoje com um colega de lá. Nos anos 80, disse-me ele, o então diretor de jornalismo de São Paulo Woile Guimarães criou uma regra de ouro, fixada inclusive no quadro de avisos:

Mais ou menos isso: “A entrevista pertence ao entrevistado. Até o momento de ir ao ar, ele poderá solicitar que não a divulguemos ou pedir para retificar o que falou”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora