Tucanos, garças e petistas

Eleitoralmente, é mais cômodo os tucanos colocarem todos os petistas no mesmo baú; assim como os petistas considerarem todos os tucanos neoliberais.

Como aqui estamos em um ambiente supra-partidário, é importante notas as diferenças entre os diversos grupos que compõem o PT e o PSDB.

No plano econômico, há um grupo de pensadores, basicamente lotados em São Paulo, com uma visão extremamente crítica em relação à política monetária e cambial desde o início do Real. Fazem parte o Luiz Carlos Bresser Pereira, os irmãos Mendonça de Barros, o Yoshiaki Nakano, tendo como liderança máxima o José Serra.

Na outra ponta tem os economistas da Casa das Garças, instituição fundada por Edmar Bacha e que congrega os economistas “mercadistas”. Hoje eles possuem um discurso agressivo, fazem um lobby feroz pela manutenção do status quo financeiro.

Do mesmo modo, há o PT de José Dirceu e uma nova geração que começa a subir agora, em cima do vácuo que deixou. Entre eles, o governador Jorge Vianna, do Acre, o Fernando Pimentel, prefeito de Belo Horizonte, mais um grupo de políticos não maculados pelos escândalos, tendo como guru o Ministro Tarso Genro.

As indiferenciações pertencem ao discurso político ou às simplificações enganadoras da cobertura diária.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora