Uma “fake news” que pode se tornar verdadeira

A popularidade de Michel Temer desabou.

Incompetente e corrupto, o usurpador brasileiro conseguiu unir contra si toda a oposição e parte do grupo que o levou ao poder.

Católicos e evangélicos exigem a renúncia.

O MPF ameaça Temer com novos processos.

Vários pedidos de Impedimento foram protocolados na Câmara dos Deputados.

Nas ruas já começou a ganhar força o Movimento Diretas Já, que encontrou nas redes sociais um multiplicador importante. 

Nem mesmo as Forças Armadas irão defendê-lo se o povo investir contra o Jaburu. 

Acuado, Michel Temer já não governa. 

Mas ele apenas tenta se sustentar no cargo enquanto a economia do Brasil continua derretendo.

Temer tenta conter o estrago censurando a internet. 

Quanto mais ele policia os MEMES, mais MEMES são criados e divulgados para ridicularizá-lo.

Segundo um “informante fake” que possibilitou esta “fake news”, o usurpador desistiu de atacar os MEMES.

Ele pretende agora transformar a GSI numa fazenda de likes:

https://www.facebook.com/PlayGroundBR/videos/380124409049210/?pnref=story

Michel Temer quer ser o primeiro usurpador da história mundial a cair contabilizando 200 milhões de likes no Facebook. 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora