fbpx
segunda-feira, janeiro 20, 2020
  • Carregando...
    Início Tags Ágatha

    Tag: Ágatha

    TV GGN: Por trás de cada PM assassino existe um governador genocida, por Luis...

    É hora de se começar a criminalizar governadores cujas políticas de segurança levem ao genocídio

    TV GGN: Witzel, o genocida, é o responsável pela morte de Agatha

    PM que atirou confundiu uma esquadria de metal com um fuzil. Ambos, ele e Agatha, são vítimas da política genocida de um governador sociopata

    As semelhanças entre Witzel e o nazista Eichmann

    Como Eichmann, Witzel jamais determinou que inocentes fossem mortos e, por isso, como Eichmann, não se sente culpado nem responsável

    Na entrevista ao GGN, Lula manda recado à família de Ágatha

    Lula pediu licença para mandar um recado à família de Ágatha, menina que foi assassinada pela Polícia de Witzel.

    A ampliação da excludente ilicitude e a barbárie cotidiana, por Orlando Silva

    O Brasil tem números estarrecedores de violência: são mais de 65 mil homicídios ao ano, segundo o Atlas da Violência de 2019. Quem são os alvos? Em geral, jovens, negros, pobres, moradores das periferias.

    Tiro nas costas, por Wilson Ramos Filho

    Agatha morreu. Tiro nas costas. Antes dela outras crianças foram exterminadas pela PM. Adultos pobres estão sendo mortos diariamente pelas forças do Estado. Todas essas mortes decorrem de algo anterior.

    A Reitoria da UFRRJ denuncia a politica de extermínio do estado

    Nos primeiros oito meses deste ano, foram registradas 1.249 mortes ocasionadas pela polícia estadual do Rio de Janeiro. Não é possível festejar estes números.

    “Muita matraca, pra pouco berro”, por Rui Daher

    Witzel e comparsas alegam legítima defesa. O avô de Ágatha, retruca (eu matava): “a arma que ela gostava de usar era lápis, caderno, redação, e nota dez”.

    Um tratado sobre o adesismo brasileiro, por Luis Nassif

    Por adesismo não se entenda apenas apoio acrítico ao Presidente, mas a submissão aos esquemas de poder do momento, às ondas da opinião pública, a submissão ás linhas editoriais ditadas por interesses particulares.

    Agatha presente!, por Dora Incontri

    Quase me constranjo colocar em poesia a tragédia do extermínio que se vê hoje no Rio em particular e no Brasil em sua vastidão. Mas algo tem que ser dito. E quando a dor é muito profunda, vale chorar em verso.

    TV GGN: Porque Moro e Witzel são os responsáveis pela morte de Agatha

    A autoridade que mais demorou a se manifestar foi o ministro Sergio Moro, que lamentou o 'acidente', que não é um acidente, é extermínio.

    O assassino no jardim de infância, por Sergio Saraiva

    No meu país, a relva verde é cortada bem cedo, ainda com o orvalho da manhã, para que estejam sempre úmidos do sangue de folhas meninas, recém brotadas e já abortadas da terra mãe

    Mais comentados

    Últimas notícias