Cia. Antropofágica apresenta temporada de “A Tragédia de João e Maria”

Fotos: Clayton Lima

Jornal GGN – Em comemoração aos seus 15 anos, a Companhia Antropofágica de Teatro promove o projeto Tram(a)ntropofágica que inicia sua terceira fase, no dia 4 de novembro, com a temporada do espetáculo “A Tragédia de João e Maria”. As apresentações gratuitas vão até dia 27 de novembro, na sede da Companhia do Feijão, em São Paulo. A montagem, baseada no “Teatro da Deformação”, será apresentada às 21h nas sextas e sábados e às 19h aos domingos.

“A Tragédia de João e Maria”, inspirada no conto dos irmãos Grimm, faz um mergulho numa versão adulta e deformada de Hansel und Gretel. Em meio aos recortes de Vidas Secas, de Graciliano Ramos, o público confere a trajetória de duas crianças abandonadas pelos pais em meio ao desespero da fome, o que nos remete a uma sociedade em decadência e o universo da miséria “adulta”. 

A partir da necessidade de falar sobre a exclusão e a miséria, o grupo iniciou um processo de criação em meio a escuridão, onde os atores, com a visão limitada, eram instigados à fome, miséria e abandono. A atividade fez com que os atores desenvolvessem uma aversão à luminosidade, onde surge então o Teatro da Deformação. As histórias dos Irmãos Grimm, o texto de Câmara Cascudo, a obra de Graciliano Ramos, a música de Arnold Schoenberg e a ruptura de padrões estéticos serviram como fontes de pesquisa.

O espetáculo já foi apresentado no Festival FRINGE, em Curitiba (2005) e no Espaço Pyndorama, sede da companhia, além de realizar temporada no Teatro Fábrica, em 2008. O projeto Tram(a)Antropofágica, que comemora os 15 anos da Companhia Antropofágica de Teatro, recentemente contemplada na 28ª edição do Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo, foi iniciado com a temporada de uma Trilogia sobre o Brasil.  

A Tram(a)Antropofágica propõe 140 dias de apresentações e atividades gratuitas. A programação, como o próprio nome diz, é uma grande trama que leva ao público a história da Companhia, que há anos responde artisticamente à trama complexa do presente, investigando as situações políticas e as consequências históricas do próprio desenvolvimento humano.

A Companhia Antropofágica de Teatro, com seus mais de trinta integrantes, realiza com o projeto atual com espetáculos, intervenções, oficinas e experimentos, tanto em sua sede, o Espaço Pyndorama, quanto em outros espaços da cidade de São Paulo. Até agosto de 2017, serão dezoito temporadas e mais de dezenove atividades.

Ficha técnica

Direção e Roteiro: Thiago Reis Vasconcelos /Direção Musical: Lucas Vasconcelos /Elenco: Clayton Lima, Fabi Ribeiro, Haroldo Stein, Martha Guijarro, Rafael Gracioli, Renata Adrianna, e Suelen Moreira. /Músicos: Bruno Miotto, Bruno Mota, Deborah Hathner e Lucas Vasconcelos /Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini /Cenário e Figurino: Companhia Antropofágica /Desenho de Luz: Alessandra Queiroz e Renata Adrianna /Produção: Maria Tereza Urias /Operação de Luz: Alessandra Queiroz  /Registro Audiovisual: Alan Siqueira /Fotos: Clayton Lima

Serviço

A Tragédia de João e Maria, de 04 a 27 de novembro

Local: Companhia do Feijão

Endereço: Rua Dr. Teodoro Baima, 68 – República, São Paulo – SP, 01220-040

Quando: sextas e sábados, às 21h. Domingo, às 19h

Gênero: Tragédia

Duração: 80 minutos

Classificação Indicativa: 16 anos

Capacidade: 50 lugares

Entrada gratuita.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome