Pontos de Fiandeiras estreia Ponto Corrente, no ABC

A peça, que apresenta a militância feminina contra a ditadura, acontece neste sábado, às 20h, em São Bernardo do Campo

Foto: Débora Bolzan

Jornal GGN – O ABC Paulista será palco do grupo Pontos de Fiandeiras, que irá estrear o espetáculo “Ponto Corrente”, neste sábado, dia 20 de agosto. A montagem, segunda parte de uma trilogia, que se deu após “Ponto segredo”, investiga os movimentos corporais e tem como foco o papel da mulher na resistência ao regime militar. O lançamento do projeto, comtemplado com o ProAC (Programa de Ação Cultura), acontece a partir das 20h, em São Bernardo.

“Ponto Corrente” se passa durante um cruzeiro em alto mar, onde uma tripulante contadora de histórias, resgata memórias que são compartilhadas com o público, que é convidado a participar.

O grupo, com base em pesquisas e entrevistas, trata do protagonismo feminino em meio a um período de repressão, onde mulheres tomam a frente de movimentos revolucionários, enquanto dão suporte a familiares e amigos, bem como na “micro-revolução” diária em salas de aula, na vida social e profissional.

“Nem todas as mulheres pegaram em armas, mas foram responsáveis por um importante movimento de conscientização, de conquistas comunitárias e avanço social, seja à frente, seja no suporte às ações transformadoras”, disse a atriz Roberta Marcolin Garcia.

O espetáculo utiliza a estética do Nô, um estilo de teatro tradicional japonês carregado de simbolismo, que privilegia o movimento e o canto. “O Nô presta-se à saudade. Presta-se ao tributo àqueles que morreram de forma violenta ou apaixonada e que ainda vagam por entre os vivos, na maioria das vezes inconscientes, em busca de alguém que os conduza finalmente à paz”, completou a dramaturga Adélia Nicolete.

Leia também:  Governo Bolsonaro persegue pesquisadores na área do gênero, sexualidade e ditadura

As atrizes Camila Shunyata, Fernanda Henrique, Roberta Marcolin Garcia e Vivian Darini, apresentam a dramaturgia assinada por Adélia Nicolete, com direção de Jé Oliveira e direção musical de Fabrício Zavanella.

Serviço

“Ponto Corrente”

Local: Clac (Centro Livre de Artes Cênicas) – São Bernardo

Endereço: Praça São José, 240 – Baeta Neves, São Bernardo do Campo – SP, 09751-180

Estreia: dia 20 de agosto, sábado, às 20h

dia 21 de agosto, domingo às 19h

Entrada gratuita

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome