Bancários fazem ato contra a precarização do trabalho nesta sexta

Jornal GGN – O Sindicato dos Bancários de São Paulo promove nesta sexta-feira (30), na capital, o Dia Nacional de Mobilização e Paralisação. O ato vai reunir entidades de classe e centrais sindicais. Em nota, a presidente do sindicato, Juvandia Moreira, afirma que o protesto tem como mote o repúdio à precarização do trabalho. “Vamos para as ruas em defesa dos trabalhadores e na luta pelo fim do fator previdenciário, mais investimento em educação e saúde e contra o Projeto de Lei 4.330, que trata da terceirização, reduz direitos trabalhistas garantidos em acordos e convenções coletivas, na CLT e na Constituição Federal”.

De acordo com o sindicato, a estimativa atual é a de que existam no setor financeiro mais de um milhão de pessoas, porém, o quadro formal de empregados dos bancos é de aproximadamente 500 mil. “Os terceirizados recebem salários três vezes mais baixos que a média da categoria e sem a maioria dos direitos conquistados em muitos anos de luta, como os vales refeição, alimentação, PLR. A intenção é regularizar a interposição fraudulenta de mão de obra”, explica a presidente.

A concentração começa a partir das 15h no vão livre do Masp (Museu de Arte de São Paulo), que fica na avenida Paulista, no centro da cidade.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A prisão arbitrária de lideranças de movimentos de moradia em SP

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome